Nova Unidade Básica de Saúde é inaugurada no bairro Sangão

Criciúma

O Governo de Criciúma entregou à comunidade do bairro Sangão a Unidade Básica de Saúde (UBS) Ângelo Casagrande. A solenidade deu sequência à uma série de inaugurações na área da saúde e contou com a presença de grande parte da comunidade, que agora possui um espaço físico maior e mais completo para  atender os moradores.

A unidade recebeu investimento de R$ 470 mil, feita em parceria com o Governo Federal. A estrutura conta com salas de curativo, inalação, triagem, esterilização, utilidades, administrativa, sala de espera, consultório odontológico e ginecológico, sanitários adaptados, depósitos, entre outros setores.

Conforme o prefeito Clésio Salvaro, a unidade nova foi construída com ajuda do esforço coletivo de funcionários, autoridades e comunidade. “Se não fosse pela fé, determinação e vontade não teríamos conseguido. É mais uma obra de qualidade que estamos entregando à comunidade, junto com uma equipe qualificada e humanizada para receber a todos”, reforçou o prefeito, acrescentando que “na próxima semana, um dentista também estará atendendo oito horas diárias na nova unidade”.

O vice-prefeito Ricardo Fabris destacou o trabalho dos colaboradores da UBS. “Defendemos a importância de um atendimento humanizado e percebe-se que essa é a forma com que os profissionais daqui têm trabalhado, com um desempenho exemplar”, enfatizou.

Para o secretário Acélio Casagrande a saúde pública têm grandes desafios, que são facilmente vencidos quando se têm grandes parceiros. “Não têm obstáculos que não possam ser vencidos quando se tem grandes parceiros ao lado, quando se vai buscar alternativas para resolver a vida das pessoas. Fazendo isso com amor, dedicação e gestão, mas acima de tudo apoio daqueles que podem nos dar.  A partir disso já inauguramos uma unidade na Cidade Mineira Velha, no São Roque, ainda tem Vila Zuleima, Mãe Luzia, a unidade central para inaugurar e assim seguimos com grandes obras”, disse.

Segundo a enfermeira chefe da Unidade, Karina Rocha, é um privilégio trabalhar para a comunidade. “Quando comecei a trabalhar aqui, há oito anos não tínhamos Conselho de Saúde e foi onde começamos o projeto, isso no primeiro mandato do prefeito”, comentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *