Obras devem melhorar fluidez de trânsito na Grande Próspera

Um pacote de obras para alavancar a mobilidade urbana entre os municípios de Içara e Criciúma está em andamento. Máquinas e homens se dividem em quatro frentes de trabalho que deverão ser concluídos no segundo semestre de 2017. As obras estão sendo executadas pela Prefeitura de Içara e contam com recursos do Governo do Estado na ordem de R$ 3,8 milhões.

Quem chega ao município de Criciúma pela SC-445, em Içara, já percebe um grande canteiro de obras no encontro da SC com a Avenida Jorge Elias De Lucca. A principal intervenção do pacote será a construção de um túnel que fara ligação de quem vem de Criciúma para Içara, sem precisar parar na rótula, diminuindo assim o congestionamento.

O obra iniciou a pouco mais de um mês e já apresenta os primeiros avanços. De acordo com a equipe de engenharia da prefeitura de Içara o túnel está 40% concluído. “Os trabalhos estão concentrados na parte de ferragens das laterais e posteriormente vamos iniciar a chamada tampa, que é onde vai passar o trânsito por cima. Logo após, vamos iniciar as escavações para abrir o restante do túnel”, explica o secretário de Obras e Planejamento de Içara, Arnaldo Lodetti.

Outra intervenção que já apresenta mudanças está na pavimentação da Rua Dona Agripina Freitas. A estrada de chão que liga a Avenida Jorge Elias De Lucca à Linha Três Ribeirões, é uma rota pouco conhecida, com a pavimentação será uma via de acesso para o anel viário. Esta etapa da obra está na fase de terraplanagem. “Estamos aguardando a retirada dos postes pela Celesc para iniciarmos a base para receber a camada asfáltica”, comenta Lodetti.

Contempla ainda o pacote de obras, a construção de uma rótula de acesso ao Bairro Presidente Vargas e o alargamento das pistas na Avenida Jorge Elias De Lucca e SC 445. “A empresa está trabalhando com a terraplanagem e iniciando a compactação na rótula. Já os alargamentos das pistas pretenderam iniciar no fim de maio”, garante o secretário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *