Obras no Parque Centenário entram na terceira etapa em Criciúma

Criciúma

Criciúma está cada vez mais sendo conhecida como a cidade dos parques. Hoje, os criciumenses podem usufruir das estruturas de dois locais já prontos: o Parque das Nações Cincinato Naspolini e o Parque dos Imigrantes. Mas, nos próximos meses, um local de lazer promete encantar a todos: o novo Parque Centenário. A terceira etapa das obras no local, que deve ser denominado Parque Municipal Prefeito Altair Guidi, iniciaram nesta segunda-feira (28). A autorização foi assinada pelo prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro. O novo parque será entregue aos moradores no dia 6 de janeiro de 2020, durante as comemorações alusivas aos 140 anos de Criciúma, e terá um investimento total de R$ 4 milhões, com recursos oriundos do Governo Federal, via Ministério do Esporte, e da Administração Municipal.

Diferente dos outros espaços, o Parque Centenário terá como foco a parte esportiva. A obra consiste em quatro etapas, sendo que a primeira foi a construção de duas quadras poliesportivas e uma ciclovia, além da ampliação da pista de caminhada e dos estacionamentos. Já a segunda etapa teve a criação de novos caminhos e a recuperação das calçadas, junto com o cercamento do parque. Com o avanço das duas primeiras etapas, se inicia a terceira fase, que abrange a revitalização do Monumento às Etnias e a troca da iluminação já existente por lâmpadas de LED.

“Nós queremos resgatar o Parque Centenário para que as pessoas possam vir frequentá-lo. Nós queremos que o Parque Centenário seja para os bairros do Pinheirinho, Centro e São Luiz, o que o Parque das Nações é para a Grande Próspera e o Parque dos Imigrantes representa para o distrito do Rio Maina”, pontua a secretária municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Kátia Smieleveski.

Cidade dos parques

Criciúma conta com dois parques para lazer dos munícipes. O Parque das Nações, que abrange a região da Grande Próspera, e o Parque dos Imigrantes que engloba o distrito do Rio Maina. O Parque das Nações, que neste ano comemorou oito anos desde a sua inauguração, ainda mantém um grande movimento, tendo uma média de duas mil pessoas circulando pelo local todos os dias, e aproximadamente 1,5 mil pessoas utilizando a Mini Ferrovia Terezinha por semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *