Operadora de Plano de Saúde é alvo do Procon Criciúma

Criciúma

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Criciúma abriu um procedimento administrativo contra a Agemed. Esta medida é por causa do aumento de reclamações dos usuários sobre os serviços fornecidos pelo estabelecimento. O órgão municipal buscará informações sobre as solicitações dos usuários, a operadora tem dez dias para responder, caso contrário, será aplicada uma multa.

Entre o dia 1º de janeiro até no dia 20 de novembro de 2019, foram registradas 208 reclamações, sendo que 153 foram nos últimos 30 dias, totalizando mais de 75% dos atendimentos do órgão municipal. Conforme o coordenador do Procon de Criciúma, Gustavo Colle, as reclamações dos usuários foram, em sua maioria, buscando o cancelamento do serviço.

“Tem alguns consumidores que estão buscando o plano e não estão sendo atendidos. Porque a Agemed, de acordo com os profissionais do serviço, não está repassando os valores das consultas, exames e cirurgias. Muitas pessoas estão sendo prejudicadas estão requerendo o cancelamento do plano”, explica o coordenador.

O Procon de Criciúma também ressalta que está à disposição dos consumidores para dar mais informações e esclarecer dúvidas por meio do telefone 151.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *