Perícia deve apontar causas no incêndio da Cristalcopo

Uma perícia que será conduzida pelo IGP e pelos Bombeiros deve ajudar a apurar as causas do incêndio que destruiu a unidade da Cristalcopo do bairro Cristo Rei, em Içara, neste domingo.  Enquanto isso o empresário Anselmo Freitas busca de alternativas para retomar a produção da unidade. Além de garantir a manutenção dos empregos, a preocupação é com os clientes.

“Precisamos honrar nossos contratos. Fornecemos para redes de fast food e outros clientes que precisam semanalmente de reposição. Temos todo o fornecimento para o festival Lollapalooza agora no final do mês e precisamos buscar uma alternativa. Temos alguns parceiros e vamos tentar utilizar a estrutura deles para continuar honrando nossos compromissos”, pontua o empresário

Segundo ele, ainda não há dados precisos sobre o prejuízo provocado pelo sinistro. “Ficamos aliviados porque não houve feridos nem entre funcionários nem entre os que trabalharam no combate as chamas. Quanto ao prejuízo ainda estamos calculando. Todo nosso estoque estava ali e também tem máquinas, algumas importadas e que para repor, só pela burocracia pode demorar até um ano”.