Plano de Demissão Voluntária vai este mês para a Câmara

Governo de Criciúma espera encaminhar ainda este mês para a câmara o projeto que o Plano de Demissão Voluntária. A informação foi detalhada hoje pelo chefe do Comitê Gestor. Segundo ele é uma ação voluntária.

“É preciso que se destaque esse Voluntário. Ninguém será obrigado, nem incentivado. O Governo cria um mecanismo que permite, aos que tiverem interesse, deixar o serviço público e ganhar um prêmio por isso. Cargo encerrado não será preenchido”, comenta o professor Celito Cardoso.

Segundo ele, a ação precisa ser encarada como uma forma de modernizar e diminuir o tamanho da máquina pública de Criciúma. Alguns serviços, reforça ele, deve ser terceirizados.

“Vamos enxugar a máquina, modernizar o governo. Meta é repassar serviços para empresas especializadas e diminuir o tamanho da máquina pública”, explica o professor Celito Cardoso.

Para ser efetivado, o programa precisa ser aprovado pela Câmara de Vereadores de Criciúma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *