Polêmica sobre vagas em creche se mantém em Içara

O regramento para ingresso de crianças na creche de tempo integral em Içara segue em debate na cidade. Na noite de quarta-feira, Secretária de Educação, Procuradoria e comissão de pais participaram de uma reunião para discutir e ajustar alguns pontos do edital.

“Ele não é engessado, o edital pode ser adequado, mas precisamos discutir melhor. Acesso à educação infantil em tempo integral é prioridade para famílias de baixa renda e em vulnerabilidade Social. Muitos pais não entenderam o edital e temem perder a vaga, mas isso não vai acontecer. Vamos organizando, explicando e tenho certeza que esse processo vai ser clareado”, explica Gerusa Bolsoni, titular da educação em Içara.

A vereadora Silvia Mendes, que acompanhou o encontro, reclama que o assunto poderia ter sido discutido previamente. “Ainda nada foi definido, vamos para uma outra reunião, mas o governo deixou a desejar. Poderia ter ampliado o debate. O Prefeito prometeu creche para todos e agora quer dizer quem tem direito a creche no município. Prometeu vaga e agora quer deixar crianças fora da sala de aula”, pontua.

Para o prefeito Murialdo o debate tem dois vieses. “O primeiro é o político, demagógico, patrocinado pela vereadora Silvia Mendes. Tenta aproveitar o assunto para ganhar eleitoralmente. O segundo é justo, fundamental, é aquele que mostra pais preocupados em garantir o acesso de seus filhos a boa educação de Içara. Esse eu repito, é justo e fundamental”.

Murialdo também garantiu que todas as crianças de Içara tem acesso assegurado as creches. “Isso está assegurado. Todas tem vaga no ensino parcial, que é o que determina a legislação. O acesso ao ensino integral, esse sim não há vagas para todas as crianças e por isso priorizamos para aqueles que tem pai e mãe trabalhando e também a questão da menor renda”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *