SONY DSC

Polícia Civil de Criciúma comemora 30 dias se homicídios

A Polícia Civil de Criciúma comemorou ontem 30 dias sem homicídios na região carbonífera. E para incluir neste dado positivo, a Divisão de Investigação Criminal (DIC) apresentou um balanço das investigações dos crimes com morte ocorrida, nos últimos três anos.

Segundo o Delegado André Milanese, no ano de 2015, foram praticados 56 homicídios em Criciúma, sendo 41 deles esclarecidos e quatro ainda estão sendo investigados, representando até o presente momento 73% de resolubilidade dos homicídios daquele ano. “Dos 56 homicídios de 2015, 27 tiveram envolvimento de adolescentes na autoria delitiva, sendo que 38 casos tinham como motivação o uso ou tráfico de drogas. Ainda no ano de 2015, ocorreu um latrocínio, que foi esclarecido, e duas mortes decorrentes de confronto com as polícias civil e militar”, explica.

O Delegado disse ainda, que no ano de 2016, ocorreram 32 homicídios (43% a menos que em 2015), restando esclarecidos 26 casos, estando ainda um em investigação, o que resulta até então em 81,25% de resolubilidade dos homicídios do ano passado. “Dos 32 homicídios, 17 tiveram participação de adolescentes na autoria delitiva, sendo 25 casos decorrentes de uso ou tráfico de drogas. Em 2016, ocorreram cinco latrocínios, sendo quadro deles esclarecidos, correspondendo a 80% de elucidação”, garante.

Com relação a 2017, até a presente data foram praticados nove homicídios na cidade, dos quais quatro já foram esclarecidos, estando os demais em investigação e com apontamento de suspeitos. “Comparando os cinco primeiros meses de 2017 com o mesmo período dos dois anos anteriores, temos uma redução de 40% de homicídios com relação a 2016 e 39% com relação a 2015”, afirma. 

O Delegado destaca que o êxito na redução dos homicídios na cidade e no alto índice de resolução se deve ao competente trabalho investigativo realizado pela Polícia Civil de Criciúma, o trabalho ostensivo realizado pela Polícia Militar e pelas perícias técnicas realizadas pelo IGP.

 

2015 – 56 homicídios, sendo 41 esclarecidos (73% de resolubilidade)

2016 – 32 homicídios, sendo 26 esclarecidos (81,25% de resolubilidade)

2017 – 09 homicídios, sendo quatro esclarecidos.

Os crimes não solucionados, ainda estão em investigação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *