Polícia esclarece sequestro e prende grupo em Criciúma

Cinco pessoas, entre elas uma mulher, foram detidos durante a madrugada no bairro Renascer, em Criciúma. Eles são acusados de manter um homem em cárcere privado e exigir da família da vítima 8 mil reais para liberar a vítima. O crime de extorsão mediante sequestro deve ser detalhado nesta tarde pelo delegado Yuri Miqueluzzi.

De acordo com as primeiras informações repassadas à imprensa, o homem de 50 anos era morador da Grande Próspera. Capturado pelo grupo na segunda-feira, ele foi mantido em cárcere privado e sob constante ameaça enquanto a família era pressionada para pagar o resgate.

Durante este período a vítima foi constantemente agredida e as imagens da tortura enviada a família para pressionar pelo resgate.