PP decide pedir mandato de Daniel Freitas

Recém filiado no PSL, o vereador Daniel Freitas deve ter seu mandato questionado na justiça. O PP, partido pelo qual Freitas foi eleito para sua segunda passagem pelo legislativo, decidiu de forma unânime pedir o cargo do parlamentar alegando infidelidade partidária.

“Foi uma decisão do partido, em consenso. É um questão partidária e não uma questão pessoal”, explicou o deputado Valmir Comin, que acompanhou o encontro. De acordo com informações do próprio PP, já há jurisprudência indicando que o cargo neste caso é do partido e não da coligação. Com isso, quem irá se beneficiar com a provável decisão favorável ao PP é o suplente Edson Luiz do Nascimento.

Freitas deixou o PP e migrou para o PSL de Jair Bolsonaro de olho em uma vaga na eleição deste ano. Ele é pré-candidato a deputado federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *