Procon tira dúvidas de lojistas da Henrique Lage

A coordenação do Programa de Proteção e Defesa do consumidor (Procon) de Criciúma, reuniu nesta terça-feira (27), mais de 30 lojistas da rua Henrique Lage para passar orientações e tirar dúvidas sobre a legislação de afixação de preços, que está estabelecida na Lei Federal n° 10.962, e principalmente a conscientização dos lojistas de acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC). O encontro contou com a presença do prefeito Clésio Salvaro, do vice-prefeito Ricardo Fabris, do coordenador do Procon, Gilberto Santos, do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Gelson Philippi e do representante da Associação do Lojistas da Rua Henrique Lage, Carlos Rodrigues.

Para o coordenador do Procon, o trabalho de orientação que iniciou nesta quarta-feira, é apenas o começo para que haja entendimento entre comerciantes e compradores.

“O Procon está trabalhando para que a economia criciumense seja impulsionada, pois se não houver uma economia sólida, não há necessidade de um órgão deste porte na cidade. Essa entidade não foi criada para multar, mas para regularizar o atendimento ao consumidor. O principal objetivo da lei de afixação de Preços é para que o cliente possa realizar suas compras independente da interferência do vendedor. Estamos trabalhando para esclarecer e informar os lojistas quanto à necessidade de adequação à legislação, visando harmonizar a relação com os consumidores e evitando problemas futuros de fiscalização”, destaca Santos.

Desde o mês de abril, fiscais do Procon estão visitando os estabelecimentos da cidade, e orientando os lojistas sobre a correta afixação de preços de produtos em vitrines comerciais e nas próprias peças comercializadas. A atividade está sendo realizada de forma educativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *