Professora de Criciúma ganha prêmio e reforça a importância da Educação

Criciúma

As sementes são responsáveis por proteger o embrião e disseminar as espécies pelo ambiente. Uma semente plantada pode espalhar diversas ideias para vários pontos. É como na educação, um professor planta uma semente nos alunos, os incentivando a buscar o conhecimento e a formação. A colheita destes frutos pode vir anos depois, no caso da professora Angela Clarice Donboski, veio 21 anos depois. Com os bons frutos de duas décadas dedicadas à educação, Angela ficou em 1º lugar na 2ª edição do Prêmio Acic de Valorização do Profissional da Educação, na noite da última quinta-feira (5), no auditório da instituição.

Angela conta que o prêmio a fez recordar quando ela recebeu esta semente. Segundo a professora, foi durante a graduação de Pedagogia, em Santa Rosa (RS). “Eu comecei a pensar quando essa semente foi plantada em mim. Primeiro, pensei que foi durante a primeira especialização em alfabetização, mas não. Foi durante a minha graduação, quando a minha professora apresentou o material, que depois seria a minha primeira especialização”, conta.

Hoje, a professora atua na Escola de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) Jairo Luiz Thomazi com alunos do 3º ano. Mas antes de chegar em Criciúma, Angela trabalhou em Porto Alegre até em 2010, quando ficou cinco anos parada, retornando às salas de aula em 2015, já no município carbonífero. “Em 2014, quando comecei a procurar por Criciúma na internet, eu vi que tinha um edital de concurso público aberto, fiz a inscrição. E em 2015, retornei a atuar”, comenta. Ela também fez pós-graduação em Gestão Escolar.

Prêmio

Os frutos das sementes, que Angela plantou nos seus alunos e a semente que a professora na graduação plantou nela, vieram na noite da última quinta-feira. “O prêmio foi uma coroação do trabalho realizado durante todo ano. Eu falei para meus alunos que não sou só eu a ganhadora, todos eles estão juntos comigo. Nós vivemos de fazer escolhas, e a pedagogia não é para qualquer um, é um trabalho sensível”, ressalta a professora.

Com esse triunfo a professora, recebeu uma premiação em dinheiro, certificado, troféu, bolsa de inglês e bolsa de estudo de pós-graduação. “Não é só nossos alunos que são um orgulho para a nossa cidade. Os nossos professores também merecem. Eu fico realizada em ver um dos nossos professores ganhando essa competição e mostrando que a educação, mesmo sendo pública, é de qualidade, e forma alunos de alto nível e professores preparados e dedicados”, salienta a secretária municipal de Educação, Roseli de Lucca Pizzolo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *