Projeto da Acic é reconhecido com prêmio Estadual

A Associação Empresarial de Criciúma (Acic) conquistou o Prêmio Ser Humano da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-SC) na modalidade Desenvolvimento com o projeto Triple C – Espaço Corporativo, Colaborativo e Cultural Iara Gaidzinski.  Na última semana, a entidade empresarial também recebeu a notícia da conquista da premiação com o Prêmio Acic de Matemática na modalidade Sustentabilidade.

O Projeto Triple C tem o intuito de atender às necessidades e fomentar o desenvolvimento humano da região por meio de ações corporativas. Nas ações colaborativas busca a construção de ideias criativas e coletivas e nas ações culturais desenvolve projetos de educação e arte.

No Espaço Triple C, a Acic promove cursos, seminários, palestras, exposições de arte, entre outras ações. A proposta do projeto, iniciado em 2016, inclui a realização de projetos colaborativos entre entidades e também o desenvolvimento de atividades voltadas à inovação, cultura, sinergia e conhecimento. São mais de 2 mil metros quadrados com três pavimentos e 19 salas, além de uma galeria de exposição.

“Com este projeto a entidade busca o desenvolvimento das pessoas para tornar as empresas mais competitivas e inovadoras. Essas premiações, além de nos orgulharem, vêm referendar a direção da entidade no sentido de fomentar e apoiar, por meio do associativismo, o desenvolvimento das organizações”, destaca o presidente da Acic, Moacir Dagostin.

O presidente da ABRH Regional Criciúma, André Topanotti, ressalta o destaque da Acic na premiação. “Estamos muitos felizes pela premiação das organizações e a Acic tem uma condição diferenciada porque é parceira direta da ABRH. Este ano recebemos recorde de inscrições com mais de 120 projetos, sendo 30 da região Sul, e apenas seis projetos premiados. Dentre esses premiados, dois da Acic, que são projetos diferenciados. O Prêmio de Matemática porque mostra o quanto a comunidade é envolvida neste trabalho, assim como o Triple C, com uma visão mais colaborativa junto as empresas. Estamos muito orgulhosos”, coloca Topanotti.