Projeto que delimita área para ciganos enfrenta resistência

Moradores dos bairros que podem se tornar vizinhos ao espaço destinado a um acampamento cigano protestaram ontem na Câmara de vereadores. Projeto de lei que tramita no legislativo em Içara prevê um espaço com banheiro, água e energia para organizar os ciganos quando passarem pela cidade.

“Ninguém é contra o projeto, mas sim contra o local. Moradores dos bairros Tereza Cristina, Elisabeth e Jaqueline fizeram pressão e não creio que exista votos para a aprovação. Vamos montar uma comissão, conversar com o prefeito e tentar uma alternativa”, explica a vereadora Silvia Mendes.

A avaliação nos bastidores é de que, por conta da pressão, o projeto dificilmente tem chance de ser aprovado na casa.