“Reajuste foi apenas a inflação”, garante Secretário

Secretário de finanças de Içara Eduardo Rocha reafirmou nesta manhã, durante entrevista à Rádio Difusora que o IPTU 2018 de Içara foi corrigido apenas pelo repasse da inflação dos últimos 12 meses. “Isso dá uma correção de 1,83% que foi o acumulado do último ano”, garante Rocha. A resposta foi uma reação a reclamações de contribuintes da cidade que tomaram um susto ao receberem os carnês.

O que mudou para muitos contribuintes, garante o secretário, foi o valor do imóvel que foi atualizado no recadastramento feito pela administração. Houve revisão de todos os 29.492 imóveis do município, sendo 21.883 construídos e 7.609 baldios. Desde 2009 não é realizado nenhum tipo de recadastramento nos terrenos e imóveis da cidade. Entretanto, nos últimos dois anos, foram realizados os trabalhos de atualização, com fotos aéreas e presenciais.

“Só como exemplo posso citar 2 mil imóveis que pagavam como terreno baldio, mas já tinham uma edificação. Além disso, muitas casas melhoraram o seu padrão e com esse recadastramento os valores foram revistos”, destaca Rocha.

Segundo o Prefeito Murialdo Gastaldon a estimativa é de que pelo menos 700 contribuintes protocolem pedido de revisão no Paço Municipal. “Há pelo menos 5 mil imóveis que tem área construída bem maior do que estava lançado, além dos que mudaram o padrão e os que constavam como terreno baldio e que já estão com área construída. Se existe erros, eles serão corrigidos”, explica.