Rincão em alerta contra o mosquito da dengue

Balneário Rincão

Técnicos do Programa de Controle de Endemias de Balneário Rincão estão com dificuldades para fiscalizar as residências da cidade. Isso porque grande parte das casas estão fechadas por serem de veranistas. Equipe técnica fará visitas durante o próximo final de semana nas casas fechadas.

O Programa de Controle de Endemias de Balneário Rincão realiza visitas semanais a 41 armadilhas instaladas no perímetro urbano da cidade e visita a cada 14 dias aos dez pontos estratégicos cadastrados (ferros-velhos, borracharias, cemitérios, floriculturas). “Quando detectamos situações irregulares é feito orientação no local juntamente com a Vigilância Sanitária do município para prevenção de doenças como Dengue, chikungunya, ZikaVírus. Pedimos que os veranistas venham abrir suas casas e nos ajude nesse combate”, destaca a coordenadora epidemiológica, Vera Lucia Leal de Oliveira.

   As armadilhas são instaladas a cada 100 imóveis ou a cada 300 metros, preferencialmente em comércios ou locais com maior risco de detecção de focos, como transportadoras e empresas que possuem caminhões que viajam para outros estados.

“Nossa equipe está com dificuldade em vistoriar as casas fechadas. Temos um grande fluxo de pessoas que entram e saem o tempo todo em nossa cidade, por isso, pedimos que as pessoas venham até suas casas para realizar a limpeza ou monitorar pneus, vasos, ou outro objeto que acumule água parada”, solicita o secretário de Saúde, Jean Willian Nascimento.

Orientações:

·       Mantenha sempre muito bem tampados: caixas, tonéis e barris de água em sua casa.

·       Coloque todo o seu lixo de casa em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada. Jamais deixe seu lixo com a tampa aberta ou ao relento.

·       Não jogue lixo em terrenos baldios, pois causa a proliferação de mosquitos da dengue.

·       Ao armazenar garrafas de vidro ou de plástico, é fundamental mantê-las sempre com a boca para baixo.

·       Não deixe a água da chuva acumulada sobre a laje ou telhado. O acúmulo de água é a porta de entrada para os mosquitos.

·       Preencha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.

·       Em caso de guardar pneus velhos em casa, é necessário retirar toda a água e mantê-los em locais cobertos, sempre protegidos da chuva.

·       Realize uma limpeza nas calhas com frequência, evitando que galhos e folhas possam impedir a passagem da água.

·       Lave com bastante frequência, com água e sabão, as vasilhas de água para animais.

·       Os vasos de plantas aquáticas precisam ser lavados com água e sabão, a cada semana. É fundamental trocar a água dos vasos com frequência para evitar sujeira e mosquitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *