RUF 2019: Unesc segue na frente em pesquisa e Internacionalização em Santa Catarina

Criciúma

A Unesc aparece novamente em destaque no Ranking Universitário Folha, divulgado pelo jornal Folha de São Paulo. Além de estar novamente posicionada entre as grandes universidades do país, a Unesc comemora os excelentes índices divulgados em quesitos fundamentais como pesquisa, internacionalização, mercado e inovação.

Conforme os dados divulgados anualmente pela Folha, a Unesc aparece em primeiro lugar em pesquisa em Santa Catarina entre as instituições não estatais, repetindo os anos de 2017 e 2018. A reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, avalia que os dados divulgados pelo RUF mostram mais uma vez a qualidade tanto dos cursos quanto dos demais itens pesquisados. Para ela um dos itens mais importantes foi na pesquisa feita na Universidade, que está entre as dez melhores do Brasil entre as não públicas. “No ranking brasileiro ficamos novamente muito bem colocados com relação à pesquisa. Nós subimos dez posições entre as não estatais, o que revela que melhoramos em muito as posições”, salientou.

O posicionamento em inovação e internacionalização também são destacados pela reitora. “Em âmbito nacional, no quesito inovação, nós ficamos muito bem na internacionalização e na inovação. E também na avaliação do mercado ficamos também muito bem avaliados em Santa Catarina”, analisa Luciane.

A Unesc possui sete programas de Mestrado, com 357 inscritos, e cinco de Doutorado, com 87 inscritos. Para o Diretor de Pesquisa e Pós-Graduação da Unesc, Oscar Montedo, os números do RUF são reflexo dos investimentos em fomento em pesquisa e bolsa em pesquisa, que geram uma produção qualificada em termos de artigos científicos publicados, tanto no Brasil quanto no exterior, bem como pedidos de patentes, livros, entre outros. “O resultado reflete o forte investimento que aplicamos, tanto nos grupos de pesquisas cadastrados no CNPQ, quanto na pesquisa fomentada dentro dos programas de pós-graduação, onde temos cinco Doutorados, sendo um deles com nota 6”, avalia Montedo.

Outro destaque para a Unesc está na internacionalização. De todas as 68 pesquisadas em Santa Catarina, estatais e não estatais, a Unesc ficou em segundo lugar. Entre as universidades não estatais o ranking coloca a Unesc na primeira posição, novamente, a exemplo dos anos de 2017 e 2018.

Para o coordenador do Escritório de Relações Internacionais da Unesc, Emilio Streck, um dos pilares da internacionalização está no volume de artigos publicados anualmente pelos pesquisadores da universidade. “Um dos diferenciais da Unesc está relacionado à publicação de artigos em revistas internacionais, que é um ponto muito positivo. Também temos uma participação em congressos científicos internacionais, que são fatores que nos levam a ter essa colocação”, avalia Streck.

A instituição mantém 52 acordos internacionais com universidades em 20 países. “Para 2020 vamos trabalhar ainda melhor o acolhimento aos alunos estrangeiros. Também vamos disponibilizar disciplinas em inglês e espanhol para cursos de graduação, a exemplo do que já acontece nos mestrados e doutorados”, destaca. A Unesc possui mais de 100 alunos estrangeiros inscritos nos cursos de Graduação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *