Informações e foto - Assessoria de Imprensa

Safra de arroz no Sul bate recorde histórico

O Sul de Santa Catarina colheu 736 mil toneladas de arroz irrigado na safra 2016/17. O número é praticamente 10% superior ao período anterior e o maior da história na região. A produtividade foi elevada, chegando a 7.755kg/ha. A produtividade média no Estado encontra-se praticamente estabilizada, em 7.200 kg/ha, desde 2002.

“Com o preço atual, este aumento de produção na lavoura gerou quase R$ 60 milhões a mais na economia regional”, informa Douglas George de Oliveira, engenheiro-agrônomo e líder do projeto grãos da Epagri no Sul catarinense. A região é responsável por 63% da produção estadual, com 94.900 hectares plantados.

A Epagri divide o Sul do Estado em três sub-regiões para análise da safra de arroz irrigado. A de Criciúma teve o maior crescimento (14,3%), chegando a 8.034kg/ha. As sub-regiões de Araranguá e Tubarão tiveram produtividades de 7.755kg/ha (+9,8%) e 7.493kg/ha (+6,1%), respectivamente.

O clima favorável e a adoção de cultivares com alto potencial produtivo impulsionaram a safra de arroz irrigado no Sul do Estado. O verão mais seco, com grande número de dias ensolarados e com temperaturas máximas mais amenas, permitiu às plantas renderem mais. O cultivar SCS 121 CL, da Epagri, respondeu sozinho por mais de 50% da área plantada na região, e “seu excelente desempenho de lavoura, aliado ao clima favorável, permitiu as fartas colheitas”, avalia Douglas.

Os números foram apresentados durante a 25ª Reunião de Safra do Arroz Irrigado do Sul Catarinense, realizada em Araranguá nos dias 8 e 9 de junho. O evento é organizado pela Epagri há 25 anos e conta com a participação de diversos representantes do setor, como técnicos, membros de das cooperativas, indústrias, sindicatos, entre outros.

No dia 28 de junho a Epagri realiza a Reunião Anual de Avaliação de Safra de Arroz da Região do Litoral Norte Catarinense. O evento acontece entre 8h30min e 15h na cooperativa Juriti, em Massaranduba.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *