Santa Catarina ganha reforço na Polícia Civil

A Segurança Pública de Santa Catarina passa contar com um reforço de mais 195 novos profissionais. São 138 agentes de Polícia Civil e 57 delegados. O governador Raimundo Colombo, o vice Eduardo Pinho Moreira e o secretário de Segurança Pública, César Augusto Grubba, participaram na manhã desta segunda-feira, 27, em Florianópolis, da cerimônia de formatura no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis.

Os profissionais irão atuar nas 30 delegacias regionais e nas diretorias de polícia. Em 15 dias, devem começam a trabalhar em suas lotações, já para início da Operação Veraneio. As cidades de Florianópolis, Joinville, Blumenau e Chapecó receberão um contingente maior em função da criminalidade nestes municípios.

“Estamos ampliando a nossa estrutura, efetivos, tecnologia e equipamentos de investigação para que possamos aumentar cada vez mais a eficiência e os nossos resultados. Nos próximos dias, também serão incorporados mais quase mil novos policiais militares. Todo este trabalho será continuado por alguns anos, para que possamos enfrentar com mais rigor e força a questão da falta de segurança, que é uma ameaça a todos nós e se agrava a cada dia no Brasil inteiro”, disse o governador.

O vice Eduardo Pinho Moreira salientou que Santa Catarina apresenta indicadores satisfatórios, mas ainda precisa melhorar na área da segurança. “Melhoria é o que buscamos todos os dias. Esse aporte de novos agentes e delegados dará mais força para repressão e vai auxiliar na diminuição da criminalidade em Santa Catarina”, explicou.

Desde 2011, foram efetivados pelo Governo do Estado 1.336 policiais civis. Com os 195 policiais que se formaram nesta segunda, a Polícia civil passa a contar com 3.282 policiais civis efetivos distribuídos nos cargos de delegados (442), agentes (2.248), escrivães (519) e psicólogos policiais (73).

O secretário de Segurança Pública destacou que a luta cotidiana do enfrentamento ao crime e à violência deve se dar em todas as frentes de ataques possíveis, de forma integrada entre instituições, pessoas, tecnologia e inteligência. “Hoje é um dia muito importante. Os novos profissionais vêm para somar esforços, para fortalecer e engrandecer a instituição. Eles vão fazer a diferença em resultados e em serviços de excelência à população catarinense”, disse Grubba.

Formação