Santa Catarina vai atender só urgência e emergência

A Secretária de Saúde de Criciúma Franciele Gava Lazarin confirmou agora a pouco que o Hospital Materno Infantil Santa Catarina passará a ter a porta referenciada para todos os pacientes. “Com isso as crianças só serão atendidas se forem casos de urgência e emergência, ou seja, se chegarem no Hospital em ambulâncias dos Bombeiros, Samu ou transferidas com orientação médica”, ressalta.

A decisão foi tomada depois que os secretários definiram que as cidades vizinhas não irão aportar recursos para auxiliar a manutenção do Hospital. “Ficou acertado que na próxima semana o gerente Regional vai cobrar o vice-Governador. Paralelo a isso vamos conversar com os secretários de toda a região e comunicar a decisão e marcar audiência pública com os deputados para buscar apoio. A meta é buscar aporte do Estado”, explica.

Diretor do Santa Catarina Leon Iotti explica que a medida é um velho sonho de todas as instituições. “Porque ela faz o hospital se voltar para suas funções que é atender urgência e emergência. Claro, que com isso as unidades de saúde vão precisar dar resolutividade, mas é uma ação importante e que vai ajudar a dar também equilíbrio financeiro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *