Segue impasse entre Casan e Municípios da Amrec

Criciúma

Terminou sem solução a reunião entre Casan e as prefeituras da região. Prefeitos de Içara, Criciúma, Forquilhinha, Siderópolis, Maracajá e Nova Veneza querem que a Casan deixe parte dos lucros em seus municípios e reduzam o valor da tarifa de esgoto.

Casan ofereceu 7 % Royalties, mas afirmou que não seria possível discutir a tarifa. Prefeitos apresentaram então uma outra proposta. 20% de royalties, até junho.

“Porque em Junho esta questão tarifa de esgoto pode ser discutida. Com os 10% ficaríamos com 5% para investir na cidade e outros 5 devolveriamos para a Casan que reduziria a tarifa cobrada da população. Eles sairam sem dizer sim ou não”, reclama o Prefeito Clésio Salvaro.

Os prefeitos devem agora, nas próximas horas tomar uma decisão, que pode ser o rompimento do contrato.