Sessão solene vai marcar os 20 anos do Proerd

Criciúma

Aos dez anos, Emily Carvalho iniciou sua trajetória no Proerd, o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência, na sala de aula de uma escola em Tubarão. E sobre o que ela aprendeu: responsabilidade e cidadania.

Pouco mais de duas décadas, Emily segue nas salas de aula falando sobre o Programa, mas agora, fardada. A soldado da Polícia Militar de Criciúma foi ‘fisgada’ por todos os ensinamentos recebidos no Proerd, e hoje semeia seus frutos. “Eu ainda lembro-me do policial que meu deu aula. Quando eu entrei na polícia, uma das primeiras coisas que eu quis foi fazer parte do projeto”, afirmou Emily.

Com a missão de capacitar crianças, adolescentes e adultos para resistirem às drogas e à violência, o Proerd, em Criciúma, completa 20 anos. Desde 1999, policiais militares habilitados atuam em instituições públicas, privadas e comunitárias, integrando Polícia Militar, família e escola. No município, mais de 50 mil crianças já se formaram no Programa.

O contato direto com as guarnições promove a quebra de paradigmas, tornando policiais militares e alunos grandes amigos. “É muito importante que eles tenham essa imagem do policial como um parceiro, não somente como aquela pessoa fardada, séria, e ‘ameaçadora'”, lembrou a soldado.

Uma vez por semana alunos de 76 escolas recebem a visita dos policiais para um bate-papo sobre responsabilidade. “Nós falamos muito mais do que somente o combate às drogas, falamos sobre tomar decisões responsáveis e isso os ajuda na vida. Tomando decisões certas, eles não estarão em contato com as drogas e atitudes ilegais”, pontuou o Cabo da Polícia Militar de Criciúma, Sullivan Amaral.

O policial lembra que as atividades desempenhadas nas aulas do programa não são apenas voltadas para os alunos. “Das dez atividades que são passadas para os alunos a cada encontro, cinco sempre precisam ser feitas junto com os pais. O objetivo é sempre que a família esteja inserida com o aluno em todo o seu aprendizado”.

Para Ana Beatriz Just, aluna do 5º ano do colégio Satc, os ensinamentos do Programa serão levados a diante. “Com o Proerd, a gente aprende coisas que vai usar em toda a vida. Sempre falo com meus pais e com os meus amigos sobre tudo aqui, para que eles saibam como reagir nas situações também”, afirmou.

Trabalhar com alunos do 5º anos é estratégia da Polícia Militar. “Nós percebemos, depois de uma pesquisa, que nessa idade as crianças estão mais atentas a imagem dos pais e professores. A partir dessa idade, a influência deixa de ser da família e passa a ser dos amigos”, pontuou o Cabo da Polícia Militar de Criciúma, Sullivan Amaral.

Os 20 anos do Programa serão celebrados em Sessão Especial realizada pela Câmara de Vereadores, na próxima quarta-feira (18).  A homenagem que ocorre às 19h no Salão Ouro Negro, do Paço Municpial, foi proposta pelos vereadores Pastor Jair Alexandre (PSC), Miri Dagostim (PP) e Zairo Casagrande (PSD). O evento é aberto ao público e terá transmissão ao vivo na página do Legislativo: Facebook.com/camaracriciuma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *