Sul: A região mais pobre de Santa Catarina

Há meses os responsáveis por analisar os números do movimento econômico da Amrec vem alertando sobre a queda na arrecadação registrada no Sul do Estado. Nesta segunda-feira (11), em um encontro realizado na sede da Associação Empresarial de Criciúma, os dados foram detalhados. Eles mostram que o Sul de Santa Catarina é a região mais pobre do Estado.

“No passado já fomos uma das regiões mais ricas do Estado e hoje perdemos inclusive para a Serra. Precisamos saber onde erramos”, explica o presidente da Acic Cesar Smielevisk.

Os dados apresentados na Acic tem como base o registro do movimento econômico da região Carbonífera.  “é com base nestes índices que as cidades têm definido o seu retorno de ICMS. A região está crescendo 1,5 %. Isso quer dizer que o lucro das empresas da região teve apenas essa elevação. Bem abaixo do Estado que está crescendo 5%”, ressalta Ailson Piva.

Para Smielevisk um dos motivos deste empobrecimento pode estar ligado ao modal econômico da região. “A maior parte das empresas está ligada ao setor de comércio e serviços e não da indústria da transformação. Temos que analisar, encontrar uma alternativa, apostar no setor da tecnologia e começar a reverter esse cenário”.

Durante o encontro, a reitora da Unesc, Luciane Ceretta proposta a criação de um grupo de trabalho, em parceria com a Satc, para desenhar o caminho para as retomada do desenvolvimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *