Tigre tem seu pior início de Brasileirão

Três jogos, três derrotas. Seis gols sofridos, dois marcados. É, definitivamente esse não era o início de campeonato Brasileiro que o torcedor do Tigre esperava. Nunca antes na história do clube se começou um Brasileiro tão mal. Para piorar o Tigre tem agora dois jogos longe de casa e será nestes compromissos que o técnico Deivid terá que buscar a recuperação.

Diante do América Mineiro o time seguiu apresentando erros de marcação, pouca criação e ofensividade abaixo da média, principalmente para um time com três atacantes. Depois de passar um sufoco no primeiro tempo, o Tigre abriu o marcador no comecinho da etapa final. Zé Roberto cobrando penalidade.

Depois deste lance, o Criciúma praticamente não assustou mais.  O gol de empate veio aos 30 minutos, feito por Ruy. A virada veio com Renan Oliveira na reta final do confronto. Bill, de pênalti, fez o terceiro.
Agora o Criciúma parte para dois compromissos fora de casa. O primeiro será no dia 3 de junho, à 16h30min, contra o Luverdense, em Cuiabá (MT), e o segundo em Caxias do Sul, contra o Juventude, no dia 6, às 16h30min.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *