Trabalho intenso na área industrial de Morro da Fumaça

Morro da Fumaça

Mesmo em meio à pandemia do coronovírus (Covid-19), O Governo Municipal de Morro da Fumaça não tira o foco das ações em outros setores e que impactam diretamente a comunidade. Uma dela é a instalação da primeira área industrial do município. Atualmente, o terreno de 60 mil metros quadrados recebe a terraplanagem.

O Governo Municipal também trabalha na elaboração do projeto do local que irá disponibilizar 20 lotes aos empresários interessados em se instalar em Morro da Fumaça. A expectativa é que em breve o local já fique à disposição. Quem está executando o projeto é o corpo técnico da Prefeitura, assessorado por uma empresa especializada. Alguns passos precisam ser dados até a liberação do espaço, como o levantamento topográfico, o projeto urbanístico, o licenciamento ambiental, projetos elétricos, de drenagem e de esgoto, entre outros. “Sabemos da importância que esta iniciativa tem para o nosso município. Seguimos com diversas frentes de trabalho, e a área industria continua recebendo a atenção necessária do Governo municipal”, comenta o secretário do Sistema de Infraestrutura, Marcioney Garcia.

Localização estratégica

O imóvel fica em uma localização estratégica, às margens da Rodovia Genésio Mazon, no distrito de Estação Cocal, o que facilitará o escoamento da produção das empresas instaladas.

A instalação da área voltada às empresas visa melhorar o índice de geração de empregos, que já foi positivo em 2019. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o município gerou 88 novas vagas de emprego. “Querendo melhorar ainda mais estes dados, algo que será possível acontecerá com a instalação da área industrial.  Com as novas empresas, a economia irá girar com ainda mais força em Morro da Fumaça”, enfatiza o secretário do Sistema Econômico, Roberto Sávio Caetano.A área levará o nome do ex-vereador Alberto Padoin, eleito para os mandatos de 1963 a 1967, durante a primeira legislatura e de 1967 a 1970, na segunda. A lei nº 1.960/2019 já foi sancionada pelo prefeito Noi Coral, que acatou a sugestão do vereador Raimundo Marques, o Mundi, através do Projeto de Lei do Legislativo (PL) nº 028/2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *