Três novos diáconos serão ordenados no próximo domingo

Criciúma

A Diocese de Criciúma celebra, no próximo domingo, 08, Solenidade da Imaculada Conceição de Nossa Senhora, a Missa com rito de Ordenação Diaconal de três seminaristas diocesanos. Pela imposição das mãos do bispo Dom Jacinto Inacio Flach, os jovens Élisson Custódio Borges, Fábio Fernandes Roque e Mateus Réus dos Reis serão ordenados diáconos para a Igreja sob o lema “Em Cristo, Deus nos escolheu para vivermos a caridade”, extraído do livro da Carta de São Paulo aos Efésios (Ef 1,4). “Ao entregar nossas vidas ao serviço do Reino, São Paulo nos ajuda a mergulhar no mistério do diaconato e a fazer desta entrega um ato de amor e caridade, principalmente por aqueles que estão nas periferias existenciais. Viver a caridade, eis a nossa missão como diáconos!”, afirma o seminarista Mateus.

Foram anos de estudo e experiências pastorais junto ao povo de deus, que, agora, resultam na alegria do sim ao serviço a Deus pelo diaconato. Para o jovem Élisson, 27 anos, o tempo de preparação para a ordenação tem sido muito especial. “É um tempo de novidades do Espírito Santo. Respondendo ao chamado de Cristo, meu coração se enche de alegria por poder servir ao povo de Deus, no ministério diaconal. Tem sido um tempo de oração, agradecimento e louvor a Deus, pois Ele ‘fez em mim maravilhas e Santo é o seu nome!’ (Lc 1, 49). Gratidão ao povo de Deus pelas orações, aos familiares e amigos, e ao Bispo Diocesano, por confiar em mim. Que o Bom Pastor me fortaleça na missão de evangelizar a serviço dos irmãos”, pede o jovem.

O seminarista Fábio, 35 anos, afirma que nestes poucos dias que restam para a ordenação, a alegria se mistura com a ansiedade, transformando tudo num único louvor de gratidão. “Gratidão pelo povo, que torce e reza junto, gratidão pela Igreja, na pessoa de Dom Jacinto que nos acolhe, gratidão por tudo e todos. O sim que dou, é um sim pelas misericórdias de Deus em Cristo Jesus que, em minhas misérias, me chamou e me convida para a caridade. Em tudo desejo viver no ministério aquilo que recebi, a misericórdia e a caridade. Peço que rezem por mim e contem com minhas orações. Deus abençoe!”, pede Fábio.

Já para o jovem Mateus, 34 anos, os dias que antecedem a ordenação estão sendo vividos com muita alegria, expectativa e gratidão. “Eu não chego ao altar sozinho, mas com minha família, meus amigos e muitos benfeitores. São dez anos de caminhada, onde foi possível experimentar as alegrias e desafios que fazem parte do seguimento a Jesus. Meu coração rejubila em se consagrar ao serviço do Reino, e pede a Deus forças para viver com seriedade e profundidade essa vocação a qual fui chamado”, pontua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *