Treviso registra maior crescimento da Região Carbonífera

Treviso é o município da Região Carbonífera que apresentou o maior crescimento econômico em 2017, em comparação com 2016. O dado foi repassado pelo coordenador do Movimento Econômico da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), Ailson Piva. Segundo o técnico, Treviso apresentou um crescimento de 20,52% no ano passado, enquanto a média da Amrec é de 6,91% e a média estadual é de 6,27%. “Então, Treviso teve um crescimento econômico de 14,05% a mais que a média estadual”, conclui Piva.

A geração de emprego e renda é o principal fator que influencia esse dado, ou seja, o número mostra que em 2017 Treviso teve índices mais altos de ofertas de trabalho, maior faturamento de empresas e mais vendas, por exemplo. “Enxergamos esse dado super positivo como um reflexo do esforço que está sendo feito no intuito de diversificar a economia da cidade e também de atrair novas empresas para o município. Nós pessoalmente conversamos com empresários dos mais variados setores e buscamos juntos formas vantajosas para que eles estabeleçam seus negócios aqui. Assim, ganha o investidor, ganha a população que tem mais oportunidades de emprego e cresce o município”, declara o prefeito Jaimir Comin.

Com base nesse número do crescimento econômico, Treviso também já pode comemorar um retorno maior do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em 2019. Isso porque parte do valor que é pago pelas empresas ao Governo do Estado deve ser repassado para as prefeituras e, com um índice de participação maior, Treviso também receberá um valor mais alto. O retorno do ICMS em 2019 é calculado conforme os índices de movimento econômico dos anos de 2016 e 2017. “Significa que em 2019 Treviso vai ter um incremento na receita do município, ou seja, o ICMS que retorna para o município será maior por conta do bom desempenho econômico”, explica Piva. Esse valor que é repassado ao município deve ser investido em serviços públicos em áreas como saúde e educação.