Uma nova ameaça ao mandato de Ricardo Guidi

Criciúma

Viver sob constante ameaça de uma interrupção abrupta do mandato parece ser mesmo a sina de Ricardo Guidi (PSD) neste primeiro ano como deputado federal em Brasília. A mais recente ameaça veio do TSE. Quatro ministros já votaram pelo reconhecimento da candidatura da Petista Ivana Laís . A militante do Oeste do Estado fez a apenas 491 votos, mas o número é suficiente para mudar a configuração do último pleito.

Com estes votos validados o Partido dos Trabalhadores aumenta sua legenda e garante uma segunda vaga em Brasília. Isso se confirmando, Ana Paula Lima ficaria com a vaga e Ricardo Guidi voltaria a condição de suplente.

O processo foi interrompido com um pedido de vistas do Ministro Luiz Roberto Barroso. O problema é que até o momento a maioria dos magistrados já votou a favor da petista. A salvação de Guidi é torcer pela mudança de um destes votos, o que pode ocorrer. A outra é já ir preparando um recurso.