União determina saída do Tubarão de “seu” estádio

Foi divulgada hoje a decisão da Superintendência do Patrimônio da União indeferindo o pedido do Clube Atlético Tubarão de continuar utilizando o estádio. A União entendeu que os argumentos do clube não foram suficientes e a ocupação é irregular.

Com isso, a União determinou que o clube desocupe o local e ainda vai ter que pagar multa com um valor acima de R$ 3 milhões.

As discussões sobre a propriedade do Estádio já é antiga. Em setembro de 2000 o município foi autorizado a doar os imóveis adquiridos da RFFSA ao Tubarão Futebol Clube. Mas uma ação do Ministério Público (MP) pediu a anulação da transação, alegando inconstitucionalidade e ilegalidade.

Com informações do Notisul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *