Vereador sugere ensino de libras na rede municipal

Içara

A inclusão de atividades com conteúdos relativos da língua brasileira de sinais (LIBRAS) no currículo escolar no âmbito do Município de Içara foi sugerida através de anteprojeto de lei, aprovado em indicação na Câmara Municipal, segunda-feira (08/04).

Para o autor da proposta vereador Israel Rabelo a intenção é garantir o ensino de LIBRAS em todas as escolas da rede Municipal de Educação, e nos Centros de Educação Infantil, com a finalidade de promover a interação e inclusão social entre as pessoas com deficiência sensorial auditiva com as demais.

“Vivemos na era da inclusão, onde as pessoas com deficiência necessitam se preparar para assumir funções na sociedade, por sua vez, precisam se adaptar para incluir estes indivíduos. Para tanto, o ensino de libras nas escolas vêm com o intuito de proporcionar maior autonomia aos ouvintes e surdos de se comunicarem sem a presença de tradutor/interprete”, frisou Rabelo.

O vereador acrescentou que a inclusão no currículo escolar do ensino de LIBRAS, envolverá toda a comunidade escolar, assim contribuindo para uma sociedade melhor. “As crianças serão adultas no futuro e a língua de sinais poderá ser aplicada sem barreiras na comunicação”.