Vereador vê cobrança irregular na Cosip de Criciúma

Vereador Ademir Honorato está cobrando do Governo de Criciúma a revogação de um decreto emitido no ano passado. Esse decreto autoriza que a cobrança da taxa de iluminação pública em Criciúma seja feita em cima do valor total da conta de energia.

“A taxa deveria ser feita só sobre o que você consome de energia, mas em Criciúma o cálculo é feito sobre o valor global, incluindo ai os tributos, taxa de manutenção e outros serviços. Isso eleva a taxa da cosip entre 20 e 44%. Isso é ilegal”, reclamou o parlamentar durante entrevista concedida à Difusora nesta quarta-feira (28/02).

Segundo o vereador, se não houver uma resposta por parte do Governo o assunto vai para a justiça. “Estamos solicitando ao Governo. Se isso não for feito, vamos ao Ministério Público para cobrar a revogação”.