Winck quer encerrar 2017 marcando nome na história do Tigre

Em paz com a torcida o técnico do Criciúma Luiz Carlos Winck espera terminar o ano fazendo história no Heriberto Hülse. Durante passagem pelo estúdio da Difusora nesta manhã de terça-feira. Falou sobre o time, sobre os desafios da Série B e, claro, sobre o torcedor.

“Vim para trabalhar. Sempre falo isso aos atletas. Não será um campeonato fácil, mas o desafio é ir degrau a degrau, jogo a jogo, pensando na Série A”

Winck comentou também que ainda busca reforços. “Temos algumas contratações pontuais que devem ser feitas para reforçar o plantel para a disputa da segundona. Campeonato longo e isso exige um plantel variado”.

Sobre a torcida. “O torcedor é fundamental. Fiquei muito feliz com a recepção no jogo contra o Paraná e muito feliz no Beira rio ao ver o público lá. Espero que isso se torne rotina”