Conecte-se conosco

Economia

Fiesc entrega nova estrutura do Senai Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

A Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) entregou, na manhã desta segunda (4), o Instituto de Tecnologia em Cerâmica, um novo edifício, com 1,3 mil m2, e melhorias na estrutura existente do SENAI em Criciúma (rua General Lauro Sodré, 300 – Comerciário). Os investimentos, que totalizam R$ 7 milhões, permitem aperfeiçoar a prestação dos serviços de educação profissional e de tecnologia e inovação.

“Só neste ano, estamos investindo R$ 9 milhões em Criciúma; foram R$ 2 milhões na revitalização da escola do SESI, entregue no final de julho, e R$ 7 milhões na instalação do Instituto de Tecnologia Cerâmica e na ampliação da unidade do SENAI. É a contribuição da FIESC para o desempenho da indústria de Criciúma e região”, salientou o presidente da FIESC, Glauco José Côrte. Ele destacou ainda que o setor cerâmico de Santa Catarina se tornou referência de qualidade, com mais de 35 mil trabalhadores. Em 2016, o segmento exportou 156 milhões de dólares em 2016 e mais de 80 milhões de dólares no primeiro semestre deste ano. “A reputação e a confiança conquistada são importantes, mas é preciso que a indústria cerâmica catarinense se mantenha na linha de frente em relação às mudanças qualitativas que surgem no mundo dos negócios”, acrescentou.

No entendimento do presidente da FIESC, para as empresas, essas transformações impõem readequação da estrutura produtiva em ambientes concorrencialmente crescentes. “Já para os trabalhadores, o desafio está no acompanhamento das qualificações exigidas pelo mercado, seja na formação continuada ou na preparação para atividades específicas, o que impacta diretamente os jovens, que logo se tornarão a força motriz da atividade econômica”, disse. Tanto o SESI quanto o SENAI “cumprem o nosso compromisso permanente de promover o desenvolvimento humano integral, melhorando a vida e a dignidade das pessoas e preparando-os para o novo mundo do trabalho”, finalizou Côrte.

O novo espaço será utilizado para as atividades de educação, incluindo o SENAI Conecte, ensino médio iniciado em 2017 e que promove formação integral e em tempo integral. Da mesma forma que ocorre nas demais unidades da instituição, o SENAI em Criciúma atua na capacitação de profissionais para o setor industrial, incluindo cursos de aprendizagem, técnicos, superiores de tecnologia, pós-graduação e de qualificação e aperfeiçoamento. Em Criciúma, as formações têm ênfase nos segmentos de moda, design, confecção, automação e eletromecânica, entre outras.

O diretor regional do SENAI/SC, Jefferson de Oliveira Gomes, lembrou que o SENAI forma por ano 2 milhões de meio de trabalhadores em todo o País, com índice de empregabilidade de 80%. “Em Santa Catarina, que hoje tem 7 milhões de habitantes, ao longo da história, já formamos mais de 2,5 milhões de pessoas, com esse índice de 80% de empregabilidade”, ressaltou. Gomes destacou ainda que, ao lado da educação profissional, o SENAI passou a investir em inovação e tecnologia para apoiar o setor industrial. “Aqui, no Instituto de Tecnologia em Cerâmica, que estamos entregando hoje, temos o desenvolvimento de telhas com placas de captação de energia solar e de cerâmica que inibe a presença de micróbios”, destacou.

“Trabalhamos em prol do crescimento de Santa Catarina”, afirmou o vice-presidente da FIESC para a região Sul, Diomício Vidal. Ele acentuou que a região alcança excelentes níveis de desenvolvimento por ter “empresários empreendedores e trabalhadores dedicados”.

O prefeito Clésio Salvaro destacou a força do setor cerâmico e dos demais segmentos da indústria da região Sul Catarinense. Ao lembrar da Semana da Pátria, destacou que “liberdade e independência vem através da educação e do trabalho”.

A construção do novo bloco permitiu realocação e melhoria das instalações do Instituto SENAI de Tecnologia em Cerâmica, que integra a rede SENAI/SC de Inovação e de Tecnologia, composta por dez unidades, distribuídas por todas as regiões do Estado. O instituto de materiais ocupa hoje 1,2 mil metros quadrados, onde estão instalados a área de consultorias e o Laboratório de Desenvolvimento e Caracterização de Materiais (LDCM), que possui foco na prestação de serviços de ensaios laboratoriais, desenvolvendo análises químicas, físicas e estruturais para as indústrias dos setores de cerâmica e construção civil.

Economia

Petrobras reajusta preço da gasolina em quase 8% nas refinarias

Publicado

em

Ouça esta matéria

A Petrobras reajustou o preço médio do litro da gasolina vendida nas refinarias em R$ 0,15. O novo valor será de R$ 1,98 para as revendedoras e entrará em vigência a partir desta terça-feira (19). O preço final aos motoristas dependerá de cada posto de combustíveis, que tem suas próprias margens de lucro, além do pagamento de impostos e custos com mão de obra.

“Os preços praticados pela Petrobras têm como referência os preços de paridade de importação e, desta maneira, acompanham as variações do valor do produto no mercado internacional e da taxa de câmbio, para cima e para baixo. No ano de 2020, o preço médio da gasolina comercializada pela Petrobras atingiu mínimo de R$ 0,91 por litro”, esclareceu a companhia.

Segundo a Petrobras, dados do Global Petrol Prices, referentes ao último dia 11, indicavam que o preço médio ao consumidor de gasolina no Brasil era o 52º mais barato dentre 165 pesquisados, estando 21,6% abaixo da média de US$ 1,05 por litro.

De acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), feito na semana entre os dias 10 e 16 de janeiro, o litro médio da gasolina comum no país custava R$ 4,572; o do diesel, R$ 3,685; o do etanol, R$ 3,202, e o botijão de 13 kg, R$ 76,50.

Continue Lendo

Economia

Pedido de isenção do IPTU pode ser feito até o dia 31 de março

Publicado

em

Ouça esta matéria

Os contribuintes de Criciúma já podem realizar o pedido de isenção do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). A documentação necessária deve ser apresentada no setor de Arrecadação da Prefeitura até o dia 31 de março. O benefício é um direito previsto por lei, para munícipes nas condições de baixa renda familiar, aposentados e pensionistas. Quem realizou o pedido em 2020, deve efetuar a renovação no setor. 

Áreas de preservação permanente, imóveis do programa ‘Minha casa minha vida’, imóveis que sejam sede de instituições de assistência de pessoas portadoras de doenças graves e imóveis alugados para instalação de templos religiosos de qualquer culto também são contemplados.

Para novos pedidos, o resultado da análise de documentação é informado por telefone em até 180 dias, pela Comissão de Processamento, Análise e Julgamento dos Pedidos de Isenção e Imunidade de Tributos, da Secretaria da Fazenda. Já as renovações, tem o parecer divulgado na hora.

Segundo o fiscal de rendas e tributos, Luiz Fernando Cascaes, a isenção precisa ser renovada no prazo, pois critérios como a renda familiar podem sofrer alterações. “Se em determinado ano a pessoa não conseguiu cumprir um dos critérios e teve o benefício negado, pode ser que no próximo, estando dentro das exigências, possa obter. E vice-versa”, declara.

Critérios para a concessão do benefício

A renda familiar prevista em lei é de até dois salários mínimos e aposentados ou pensionistas com mais de 65 anos de idade, que possuem renda familiar de até quatro salários mínimos.

O imóvel deverá ter área edificada de até 150m² em um terreno com até 600m². Deverá estar em nome do postulante à isenção, e este deve ser seu único imóvel na cidade, servindo exclusivamente para sua própria moradia.

Além disso, os aposentados e pensionistas não poderão ser sócios ou proprietários de empresas. Os documentos necessários para o requerimento podem ser consultados no site: www.criciuma.sc.gov.br.

Documentação para renovação da isenção

– Cópia da Carteira de Identidade e CPF

– Comprovante da isenção do ano anterior

– Comprovante de residência

– Comprovante de renda (de todos que residem na residência)

Continue Lendo

Economia

Abadeus e Grupo Ibrap realizam feirão de empregos, em Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

Parceiro da Associação Beneficente Abadeus, o Grupo Ibrap (Indústria Brasileira de Alumínio e Plásticos) realiza um feirão de empregos na próxima terça-feira, dia 19, na sede da Abadeus, em Criciúma. São cerca de 60 vagas disponíveis para o setor de produção na área de alumínio. As oportunidades de trabalho são para a unidade de Urussanga.

O feirão acontecerá das 9 às 12 horas e das 13h30 às 16 horas de terça-feira. Interessados devem comparecer na sede da Abadeus, localizada na Rua Maria Salete de Oliveira, nº 422, Bairro Cristo Redentor, em Criciúma. Eles devem estar munidos de documento de identidade, Carteira de Trabalho e currículo (caso tenham).

A gerente de RH do Grupo Ibrap, Micheline Toazza, explica que não é necessário ter experiência e que as contratações serão imediatas. Além disso, como as vagas são para a unidade de Urussanga, a empresa disponibilizará um ônibus para o transporte dos trabalhadores contratados de Criciúma até Urussanga.

“As vagas são para auxiliar de produção. Podem se candidatar homens, mulheres e não há requisito de faixa etária máxima, apenas mínima: o único requisito é que os interessados tenham 17 anos e meio completos ou mais”, afirma Micheline.

Serviço

O que: Feirão de empregos (Abadeus | Grupo Ibrap)
Data: 19 de janeiro (terça-feira)
Horário: Das 9 às 12 horas e das 13h30 às 16 horas
Local: Abadeus (Rua Maria Salete de Oliveira, nº 422, Bairro Cristo Redentor, em Criciúma)
Requisitos: Idade mínima de 17 anos e meio
Levar: Documento de identidade, Carteira de Trabalho e currículo (caso tenha)

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com