Conecte-se conosco

Economia

Inédito no Sul, Hub Smart Home será entregue nesta terça

Publicado

em

Ouça esta matéria

Na vanguarda da construção civil Sul catarinense, a Construtora Fontana entrega nesta terça-feira (26), em Criciúma, o Hub Smart Home, o primeiro empreendimento da região com o conceito de Economia Colaborativa. A tendência mundial é pautada no consumo inteligente, com o compartilhamento de bens e serviços.

A grande inovação do mercado imobiliário regional será apresentada a convidados e profissionais do segmento em um talk, a partir das 19h30, no próprio Hub, localizado na rua Itajaí, no Centro. O vice-presidente da Construtora Fontana, Érico Bez Fontana, vai receber Matheus Ambrosi, CMO da Seazone Investimentos, para um bate-papo sobre tendências e alternativas para rentabilizar o aluguel de imóveis por temporada, também conhecido como short stay.

“Boa parcela dos compradores do Hub é formada por investidores, pessoas visionárias que entenderam a proposta do empreendimento e já se preparam para um retorno mensal com locações em plataformas online, como Airbnb e Booking, que oferecem rentabilidade maior do que a tradicional locação anual. Convidamos a Seazone, que é referência no estado e um dos principais players do Airbnb no Brasil, para trazer dicas e ajudar na compreensão deste novo modelo”, explica Érico.

Experiências compartilhadas

A busca por soluções mais criativas e sustentáveis motivou o surgimento do Consumo Colaborativo, um movimento global que tem transformado hábitos de vida e a forma de fazer negócios.

Atenta ao cenário e com um DNA transformador, a Fontana lançou o Hub Smart Home em 2019. Com apartamentos em modelo Studio, onde todos os cômodos são integrados, com exceção do banheiro, o empreendimento está estruturado em três pilares: mobilidade urbana, economia e ecossistema inteligente.

Com custo de aquisição reduzido, o Hub viabiliza a compra de um apartamento estrategicamente localizado em área nobre, no Centro da cidade. Projetado para fazer o melhor uso do espaço, o empreendimento possui metragem compacta, o que gera economia de mobiliário e decoração, bem como de taxas como o IPTU e custos condominiais.

A infraestrutura moderna, tecnológica e inteligente completa a lista de diferenciais, com tomadas USB, fechadura digital, persianas automatizadas, chuveiro instalado em todos os apartamentos, além de porte cochére, dedicado ao embarque e desembarque de pessoas em frente ao edifício.

“O Hub traz uma proposta inclusiva e sustentável, com o objetivo de otimizar e facilitar a rotina, mas sem perder o bem-estar e a qualidade de vida, que são premissas dos empreendimentos da Fontana. Nos orgulhamos em contribuir com o ecossistema de inovação ao fomentar uma nova cultura na região, além de qualificar os mercados imobiliário e da construção civil”, pontua Érico.

Mais de 500 metros quadrados de comodidades

O Hub Smart Home é um dos mais equipados na categoria Studio, no estado. Mais do que 33, 36 ou 38 metros quadrados de área privativa, o morador poderá desfrutar de funcionalidades exclusivas em sete áreas comuns: Academia; Lavanderia; Bicicletário; Espaço Coworking; Terraço; Salão de Festas; e Salão de Jogos, todos devidamente equipados, mobiliados e decorados.

“Prezamos por ambientes funcionais e colaborativos, perfeitos para um lifestyle mais dinâmico, que inspira criatividade e sinergia entre os moradores”, complementa o arquiteto da Fontana, Nivaldo Hipólito.

Dados relevantes:

– A Economia Colaborativa pode movimentar cerca de R$ 335 bilhões já em 2025 (Fonte: PWC);

– 89% dos brasileiros que já experimentaram o consumo colaborativo aprovaram o modelo (Fontes: CNDL e SPC Brasil);

– O Airbnb fechou 2018 contabilizando 3,8 milhões de hóspedes no país, um crescimento de 71% em comparação ao ano anterior (Fonte: Airbnb);

– R$ 2.532 é o ganho potencial, por mês, para anfitriões em Criciúma (Fonte: Airbnb);

– Criciúma possui mais de 170 espaços para aluguel no Airbnb (Fonte: Airbnb).

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Economia

Governo de Içara e CDL firmam parceria o “Natal Encantado 2022”

Publicado

em

Ouça esta matéria

O Governo Municipal e a Câmara de Dirigentes Lojista (CDL) de Içara firmaram, na tarde desta segunda-feira (8), um convênio para realização das ações da campanha “Natal Encantado 2022”. O município vai repassar ao órgão o valor de R$ 175 mil (recursos próprios e da arrecadação do Procon) para a decoração, iluminação e atrações natalinas.

O acender das luzes de natal está programado para o dia 25 deste mês. Além disso, a Praça da Matriz também receberá iluminação especial e estará pronta para as festividades.

“A Praça será inaugurada antes do acender das luzes natalinas, mas, além disso, temos outras novidades como um maior número de brinquedos disponibilizados gratuitamente às crianças e o Desfile de Natal. É uma forma de incentivarmos o comércio e encantar as famílias nesta data tão especial que é o Natal”, revelou a prefeita içarense.

Já o presidente da CDL, Paulo Brígido, fala das atrações que serão o grande diferencial do “Natal Encantado”. “Queremos fazer um natal diferenciado, voltado para a comunidade e também positivo a todo o comércio. Queremos fechar o ano com uma grande programação”.

A programação que está em fase de finalização deve ser divulgada, por completo, na próxima semana.

Continue Lendo

Economia

Abadeus reúne empresários, pequenos negócios e comunidade para fortalecer o empreendedorismo local em Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

Um grupo diverso de jovens, empresários e pequenos empreendedores participaram de uma imersão no mundo do empreendedorismo e inovação social, por meio de uma rodada de negócios, em Criciúma. O evento aconteceu no último sábado (05/11) e contou com uma exposição e painel de negócios, além de um game empreendedor. A programação foi organizada pelo Centro de Inovação Social da Abadeus (Cisa).

A iniciativa fez parte do projeto Jornada Comunidades Empreendedoras e Inovadoras, desenvolvido pela Abadeus junto à Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc), e é uma das diversas ações que a instituição está realizando ao longo deste ano para fomentar o ecossistema de empreendedorismo e inovação social em Criciúma.

“Esta rodada serviu para ampliarmos esse trabalho, para que os negócios da comunidade tivessem a possibilidade de expor os seus produtos e serviços, criar networking, fazer parceiros, buscar soluções. E, claro, trazer toda a comunidade para esse ambiente”, comenta o gestor de inovação da Abadeus, Maicon Jung Canever.

A exposição contou com a presença da Ld Esfiharia, Docelis Brownie, Brownieria da Mari, Mulheres Abadeus, entre outros, todos envolvidos com o trabalho do Cisa Abadeus. A LD Esfiharia, por exemplo, está encubada no Cocreation Lab, um programa que transforma ideias criativas em planos de negócio e é desenvolvido pela instituição, em parceria com o Sebrae/SC e a TXM Methods.

“Em 2020, na pandemia, paramos o nosso negócio. Agora retornamos e estamos buscando conhecimento para aprimorá-lo e garantir um crescimento saudável. E este momento foi muito importante, principalmente, para fazermos contatos”, diz Letícia Nunes, que administra o negócio ao lado do marido Diego Leite.

Game Empreendedor

Durante o evento, os participantes também puderam se desafiar no workshop Game Empreendedor. A atividade fez com que os participantes aprendessem de maneira descontraída como é criar um negócio do zero, lidando com as adversidades do ambiente externo e desenvolvendo habilidades empreendedoras. Os participantes com o melhor desempenho ganharam ingressos para o Startup Weekend Araranguá, que acontece de 18 a 20 de novembro.

Painel de negócios

Além do workshop e exposição de negócios, o Cisa Abadeus reuniu quatro nomes conhecidos na região na área de inovação para um painel. Entre eles, Helton Marinho, CEO e um dos fundadores da NinSaúde. “É fundamental o empreendedor que passa por todos os processos contribuir de alguma forma para que outros não passe pelas mesmas dificuldades. Então, é um processo de aprendizagem. Assim como outras pessoas fizeram isso por mim lá no passado, quero fazer para o próximo”, relata.

Também participaram do painel a co fundadora e pesquisadora da DNPrime Cerâmicas Avançadas, Daiara Silva; sócio e cofundador da TW Sistemas e CEO e fundador da startup Team Move, Fabrício Biava Pais, e CEO e fundador da Ascensão Traders e DottCoin, Diego Fermiano.

“Muitas vezes os negócios da comunidade que estão na fase inicial, não tem acesso a empreendedores mais experientes, e quando aproximamos essa grande empresa que já passou por vários estágios, essa troca é fundamental, porque traz novas perspectivas ao pequeno empreendedor. Mostramos que o sonho do empreendedorismo é possível, que tem muitas dificuldades, e que passar por essas etapas é necessário para o crescimento”, afirma Maicon.

Comunidades Empreendedoras e Inovadoras

O projeto da Abadeus foi um dos 20 contemplados em Santa Catarina, em 2021, pela Fapesc. A iniciativa já realizou diversas ações para desenvolver a cultura de empreendedorismo e inovação dentro das comunidades, gerando impacto social e empoderamento e promovendo a integração do ecossistema de inovação e empreendedorismo local.

“Já tivemos, por exemplo, capacitações com os empreendedores selecionados, consultorias em parceria com o Sebrae. Elaboramos a rodada de negócios, tivemos a feira de empreendedorismo com mais de 50 jovens participando.  Realizamos ainda duas edições do café com inovação com a imprensa local”, revela Maicon.

Continue Lendo

Economia

Projeto pré-incubado na Abadeus prevê o desenvolvimento de negócios por meio da visão computacional 

Publicado

em

Ouça esta matéria

Incentivar a cultura do empreendedorismo e da inovação social. Esse é o objetivo do Concretion Lab Abadeus, ação desenvolvida pela entidade em parceria com o Sebrae/SC e a TXM Methods. Iniciado em agosto deste ano, o programa de pré-incubação de ideias já apresenta os primeiros resultados. Destaque para a criação de um software que auxilia a coleta de dados por meio da visão computacional.

A proposta é dos empreendedores Gabriel Alves André e Matheus Felisbino e nasceu de um problema identificado durante a pandemia de coronavírus. Na época, a dupla constatou que a maior parte dos estabelecimentos do município não possuía um sistema capaz de identificar e controlar o número de pessoas dentro de lojas ou restaurantes, por exemplo.

Mas a ideia vai além de monitorar o fluxo de pessoas. Inclui dados sobre o tempo de permanência dentro do estabelecimento, indicadores de vendas, entre outros. Métricas que, segundo os empreendedores, são capazes de potencializar em até 30% as chances de crescimento de um negócio.

“Os dados que podem ser coletados por meio do nosso software estão relacionados ainda ao número de pessoas na loja, faixa etária, gênero, horários de pico. Com base nessas informações, decisões que agreguem ao desenvolvimento do negócio poderão ser tomadas de forma assertiva”, enfatiza Gabriel.

A solução se concentra na coleta, armazenamento e análise das informações. O software é desenvolvido para ser aplicado em equipamentos já utilizados pelas empresas, ou seja, em uma câmera já instalada no estabelecimento. O modelo do negócio propõe o produto, a instalação, a venda de licenças renováveis e a manutenção.

Participação na Semana de Ciência e Tecnologia da Unesc

A ideia pré-incubada na Abadeus foi apresentada, em primeira mão, durante a 9ª Feira de Inovação, que ocorreu paralelamente à 13ª Semana de Ciência e Tecnologia (SCT) da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc). Durante o evento, os participantes são encorajados no desenvolvimento de soluções inovadoras, junto à oportunidade de trocas de experiências no campo da ciência, tecnologia e inovação.

“Incentivar empreendedores que têm ideias de negócios sendo pré-incubadas é parte da missão do Centro de Inovação Social da Abadeus (Cisa). Iniciativas como a Feira de Inovação da Unesc conectam nossos alunos com o ecossistema de empreendedorismo da região. Esta rica troca de saberes amplia o olhar dos estudantes e possibilita aperfeiçoar a ideia de negócio, a partir da expertise de outros profissionais”, explica o gestor de inovação da Abadeus, Maicon Canever.

Para a diretora-executiva da Abadeus, Shirlei Monteiro, a participação dos alunos em um dos maiores eventos de ciência e tecnologia da região é reflexo da inserção do Cisa no ecossistema de inovação e empreendedorismo do Sul catarinense. “Nos faz ter certeza de que a nossa proposta de inovação social está seguindo no caminho certo e já apresenta resultados ao desenvolvimento socioeconômico regional. Parabenizamos à Unesc pela organização da SCT e a abertura do evento à comunidade”, elogia.

Sobre o Cocreation Lab Abadeus

O Cocreation Lab Abadeus presta assistência 100% gratuita aos participantes que, durante cinco meses, recebem orientação e mentoria, em diversas áreas, para alavancar seus projetos, produtos ou serviços, com a consultoria dos times do Sebrae/SC e da TXM Methods. Atualmente, 12 projetos estão pré-incubados no Cisa.

A ação foi implementada para auxiliar no desenvolvimento de empreendedores da comunidade do Cristo Redentor e entorno possibilitando maior autonomia e protagonismo aos moradores da região. A metodologia aplicada durante o processo se constitui de três etapas principais: pensar, experienciar e gerir. 

“A pré-incubação é uma fase que antecede a incubação, destinando a validação do empreendimento, a estruturação do modelo de negócio e do plano dele. Nessa fase, muitos empreendedores ainda não possuem, na grande maioria, uma empresa ou um produto formalizado. Dentro disso, podem desenvolver ou melhorar essa ideia, para ser inserida no mercado”, pontua Canever.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2022 sulnoticias.com