Conecte-se conosco

Economia

Restaurante Layback começa a ganhar forma no Parque Altair Guidi

Publicado

em

Ouça esta matéria

As obras do restaurante Layback estão em andamento no Parque Municipal Altair Guidi. Anexo ao Skatepark, o espaço terá uma área total de 932m² e um investimento de R$125 mil. Em contrato já homologado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, a Layback Park Participações S.A ficou responsável pela construção e administração do local. A empresa já possui quatro filiais pelo país, e a concessão de uso tem prazo de 20 anos.

“O espaço atenderá os visitantes do parque e, com a proximidade da pista, vai integrar skate, música, arte e gastronomia”, afirmou o presidente da FME, Neto Uggioni. Para ele, a construção do restaurante, lanchonete e ponto comercial tem muito a agregar. “O parque já promove saúde e qualidade de vida. Um local para comer, com área de recreação e descanso se torna mais um atrativo para as pessoas”, ressaltou.

Criada por Pedro Barros, campeão mundial do skate e seu pai André Barros, a LayBack Park foi construída para ser a marca que incentiva esse esporte e apoia os atletas mundialmente. No complexo dos restaurantes já situados em Florianópolis, Brasília, São Paulo e Belo Horizonte, todas as áreas possuem pista de skate.

Estrutura

A estrutura com contêineres lembra trailers californianos, local onde surgiu a modalidade no fim dos anos 1950. Com o objetivo de diminuir os impactos da edificação no meio ambiente, alguns dos destaques do restaurante serão ventilação e iluminação natural, além da geração de energia solar, através de placas fotovoltaicas. Farão também parte do conjunto um espaço pet, bicicletário, parede de escalada, fogo de chão e um terraço.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Abertura da 18ª Feira CasaPronta nesta quarta-feira marca o início do evento

Publicado

em

Ouça esta matéria

A abertura da 18ª Feira CasaPronta aconteceu na noite desta quarta-feira (06), reunindo organizadores, expositores, entidades, Governo Municipal e também os visitantes que vieram prestigiar o primeiro dia do evento. Com o seu parque industrial diversificado, com setores comerciais importantes da região, a feira coloca em evidência os setores relacionados à construção, mobiliário e decoração.

Nesta edição, entre seus 150 expositores, os visitantes podem esperar as últimas novidades dos setores e condições especiais de pagamento, feitas exclusivamente para os dias de evento. De acordo com a diretora da NossaCasa Feiras & Eventos, organizadora da Feira CasaPronta, Jaqueline Backes, é uma satisfação imensa junto dos expositores, apoiadores e patrocinadores, dar início à 18ª Feira CasaPronta. “Muitos que hoje estão aqui, começaram conosco desde as primeiras edições e ficamos muito felizes por estarmos dividindo esse momento ímpar”, acrescenta Jaqueline.

A organização e a realização do evento envolve centenas de profissionais nas montagens, na preparação dos produtos em exposição e tantos outros no atendimento aos visitantes nos espaços. “Nós, da NossaCasa & Eventos, agradecemos a todos que colaboraram e auxiliaram para que a feira pudesse ser realizada”, ressalta.

O olhar por trás da feira aos demais participantes
Segundo o Presidente da Associação Empresarial de Criciúma (ACIC), Moacir Dagostin, este evento demonstra a força do empreendedorismo no Sul de Santa Catarina. “Há 18 anos, a Feira CasaPronta está firme e demonstrando a força do nosso comércio, da nossa indústria e dos nossos prestadores de serviço. Temos certeza que sairemos daqui com muitos negócios e contribuindo para o desenvolvimento da nossa economia”, reforça Moacir.

Representando a Associação de Comerciantes de Materiais de Construção (Acomac Sul) de Santa Catarina, o presidente Gilson Godinho também fez uso da palavra durante a cerimônia. “Agradecemos a grande oportunidade de mais uma vez estarmos realizando a 8ª edição do Salão de Negócios durante a Feira CasaPronta. Nossa entidade continuará promovendo a profissionalização do varejo, unindo esforços no desenvolvimento de projetos e propostas que promovam o direito a moradia digna e a sustentabilidade”, relata Gilson. 

Os comerciantes da cidade também foram representados pelo presidente da CDL de Criciúma,Tiago Marangoni, reforçando que estão unindo esforços para que o município e a região continuem cada vez mais fortes para o desenvolvimento do comércio e da economia. “A Feira CasaPronta agrega vários setores do varejo e resolve muitas dores do consumidor. Quando as pessoas entram aqui, encontram tudo o que precisam”, acrescenta Tiago.  

Encerrando a noite, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, também reforçou sobre a relevância da feira. “Depois de 17 edições desse evento, na 18ª nós podemos dizer que é um recomeço, um reencontro com as pessoas, sendo um encontro de sucesso. Nós já podemos comemorar números extremamente positivos da CasaPronta na cidade de Criciúma”, menciona Clésio. 
Os cuidados para garantir a segurança durante o evento

A Feira CasaPronta segue até o próximo domingo, dia 10 de outubro, no Pavilhão Ijair José Conti, em Criciúma. Durante o evento, as medidas necessárias estão sendo respeitadas, garantindo o bem-estar e a segurança de todos, seguindo o Plano de Contingência aprovado pelos órgãos sanitários municipal, estadual e da AMREC.
Além disso, com o intuito de garantir o distanciamento social, todos os corredores têm largura mínima de três metros e estão sendo mantidos totalmente desobstruídos. Na praça de alimentação, as mesas não podem conter mais que quatro pessoas e estão dispostas com no mínimo 1,5 metro de distância entre si.
Ingressos à venda

Ingressos-convite foram disponibilizados aos expositores, que os distribuíram. Para aqueles que não os têm, podem adquirir os ingressos diretamente na recepção da feira pelo valor de R$ 5 ou online, em www.feiracasapronta.com.br. Crianças menores de 12 anos de idade, devem estar acompanhadas de seus responsáveis e não pagam ingresso.
Horários de visitação da Feira CasaPronta
– Quinta-feira (07/10): 16h às 22h.
– Sexta-feira (08/10): 16h às 22h.
– Sábado (09/10): 14h às 22h.
– Domingo (10/10): 14h às 19h.

Continue Lendo

Economia

Indicador de emprego recua 3,1 pontos em setembro, aponta FGV

Publicado

em

Ouça esta matéria

O Indicador Antecedente de Emprego do Ibre, Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas, recuou 3,1 pontos em setembro, para 87,0 pontos, menor nível desde maio de 2021. Em médias móveis trimestrais, o indicador recuou após quatro meses em alta, se situando agora em 88,8 pontos.

O economista do Ibre-FGV Rodolpho Tobler explica que esse recuo ainda não significa queda na oferta de trabalho.

O especialista argumenta que a tendência para o fim de ano é que a oferta de vagas poderá aumentar, apesar da cautela do mercado e da influência de fatores secundários.

Dos sete componentes do Indicador Antecedente de Emprego, seis contribuíram para a queda em setembro, com destaque para o indicador que mede o emprego previsto para os próximos meses.

Continue Lendo

Economia

Acic promove encontro com empresários de Morro da Fumaça

Publicado

em

Ouça esta matéria

O planejamento para o sucesso da gestão das organizações foi o tema debatido na noite dessa segunda-feira, 4, com os empresários de Morro da Fumaça. O bate-papo faz parte das ações da Associação Empresarial de Criciúma (Acic) no Polo Morro da Fumaça. O empresário Edmilson Zanatta, diretor da Acic e CEO da Farben Tintas, falou sobre o assunto.

“Precisamos estar constantemente nos perguntando qual é o nosso negócio, para planejar e traçar nossas ações. Esse é o grande passo para termos uma empresa sólida. Outro ponto muito importante para um planejamento de sucesso é envolver o maior número de pessoas, colaboradores, gerência, coordenadores, supervisores, líderes. Quanto mais pessoas pensarem a empresa, mais sólida ela ficará, pois o comprometimento com os resultados e metas aumenta”, destaca o empresário Edmilson Zanatta.

Zanatta reforça ainda que sonhar é um importante ingrediente para o êxito da organização. “Precisamos sonhar alto e tentar construir esse sonho”, pontua o CEO da Farben, que hoje é a segunda marca mais lembrada no Brasil no segmento moveleiro.

“Outra dica é entender que cada setor da empresa deve estar alinhado para atingir as metas e ações propostas no planejamento, assim como cada setor precisa ter sua gestão de risco, isso é primordial para dar segurança à empresa”, acrescenta.

Diante da pandemia, a Farben também buscou oportunidades. “Nossa primeira ação quando a pandemia chegou foi montar um comitê de crise, com reuniões diárias para definir ações e estratégias, mas também um comitê de oportunidades, para que novas ideias surgissem e possibilidade viessem a ocorrer”, coloca.

“Estamos realizando mensalmente encontros com importantes cases aos empresários de Morro da Fumaça. Abrimos o polo na cidade no primeiro semestre deste ano, com o intuito de apoiar e fortalecer as empresas locais, buscando contribuir e unir forças nas ações e pautas que promovam o desenvolvimento socioeconômico”, destaca o presidente da Acic, Moacir Dagostin.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com