Conecte-se conosco

Geral

Empresas, entidades e instituições se unem no Dia de Doar

Noite será marcada pela presença do bom velhinho na praça, acendimento das luzes e show com a Banda Batons

Publicado

em

Uma grande manifestação de solidariedade está marcada para esta sexta-feira, 24, quando será celebrado o Dia de Doar. A campanha Doa Criciúma terá o Dia D, com ações especiais de arrecadação lideradas pelo Núcleo do Terceiro Setor da Associação Empresarial de Criciúma (Acic).

A iniciativa, que conta com o patrocínio da Unesc, une empresas, entidades e instituições, em benefício das 17 organizações sociais nucleadas. “Estamos no final do ano e todas as organizações precisam destas doações, para poder beneficiar seus atendidos. Isso vai impactar em um Natal melhor para todos”, enfatiza a coordenadora do Núcleo, Shirlei Monteiro.

“Estamos abordando todas as empresas que já aderiram, reforçando, fortalecendo e motivando todas as pessoas. Queremos trabalhar o engajamento da cidade inteira em torno dessa campanha, porque serão mais de 30 mil beneficiados”, acrescenta. Também são parceiras da campanha Librelato, Plasson, Anjo Tintas, Ufo Way e Betha Sistemas.

Podem ser doados alimentos, itens de higiene e produtos de limpeza diretamente nos postos de coleta. Durante esta semana, nos pontos fixos instalados na Acic e na Câmara Municipal. Na sexta-feira, também na Unesc e no Nações Shopping. “Estamos sensibilizando para a doação de cestas básicas e vamos trabalhar na mobilização maior de voluntários para a triagem das doações”, explica Shirlei.

Supermercados

Além de recolher os donativos nas empresas que aderiram à campanha e nos postos de arrecadação, está programada uma mobilização em frente aos supermercados da região.

“Estamos trabalhando junto aos demais supermercados, para eles liberarem a atuação dos representantes no dia 24, para sensibilizar os clientes a doar um quilo de alimento ou produto de higiene ou limpeza para a campanha”, detalha a coordenadora.

Também podem ser doadas quantias em dinheiro. Nesse caso, exclusivamente por meio do QR code disponível no site da Acic ou pelo Pix, chave: [email protected].

“Registramos o nosso agradecimento pelo empenho de todos, à Acic, à imprensa e às organizações que estão engajadas nesta campanha, aos parceiros ao Legislativo, ao Executivo, à classe empresarial, à comunidade e aos nucleados”, declara Shirlei.

Mobilização

Uma mobilização em torno da campanha já ocorreu no dia 11 de novembro, recolhendo doações em cinco regiões de Criciúma, em parceria com os núcleos de lojistas e com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

Além da praça Nereu Ramos, no Centro, a mobilização foi realizada também no distrito do Rio Maina e nos bairros Quarta Linha, Próspera e Santa Luzia.

“A cultura de doação já está muito presente em Criciúma, mas é preciso fortalecê-la, para que as organizações sociais possam manter e ampliar os serviços que são tão relevantes, seja na educação, no esporte, na qualificação profissional, na assistência social, na saúde ou na inovação. O Terceiro Setor promove a inclusão, a sustentabilidade, a melhora na qualidade de vida das pessoas”, considera o presidente da Acic, Valcir José Zanette.

Geral

Imbituba registra primeiro filhote de baleia-franca desta temporada

Publicado

em

A equipe de pesquisadores do ProFRANCA (Projeto Franca Austral), em Imbituba (SC), registrou o primeiro filhote desta temporada, na praia de Ibiraquera, na última quarta-feira (19). O filhote é bastante pequeno, com características de recém-nascido. A mãe já é velha conhecida da equipe. catalogada em 2003 com o código B257, já teve anteriormente dois filhotes em águas catarinenses – em 2015 e 2021. O projeto registrou a baleia logo após sua chegada, em 11 de junho, sozinha. E agora, oito dias depois, já com o filhote recém-nascido.

Os pesquisadores foram surpreendidos em 24 de maio, com os primeiros avistamentos, bem mais cedo que em anos anteriores. Segundo o cálculo mais recente, já são 10 baleias fotoidentificadas, seis delas já conhecidas e quatro ainda nunca registradas, incluindo uma avistada em Arraial do Cabo (RJ), pelo Projeto Baleia Jubarte, e duas recém avistadas em Ilha Bela (SP) pelo Projeto Baleias a Vista. 

“Neste grupo, são ao menos seis fêmeas. Sabemos disso porque já tiveram filhotes na nossa costa, sendo o mais recente de 2021, o que completa o ciclo de três anos de retorno”, explica Karina Groch, diretora do ProFRANCA, que tem patrocínio da Petrobras. Em Santa Catarina, cujo litoral é o que mais recebe a visita dos cetáceos, elas já foram vistas em Imbituba, Laguna, Florianópolis e Garopaba.

“Elas chegaram mais cedo, o que nos traz alegria pela presença que, provavelmente, pode ser o reflexo de trabalhos incessantes para sua conservação, já que foram quase extintas há 40 anos pela caça desenfreada”, comemora Karina. Porém, ela é prudente para explicar esta antecipação e se a temporada – oficialmente entre julho e novembro – registrará um grande número neste ano. “Além da proteção da espécie, o fenômeno El Niño pode também ser um fator que já estamos estudando com afinco”, explica.

E os estudos serão incrementados em breve. Neste ano, uma equipe de 33 pessoas – entre biólogos, coordenadores, administradores, pesquisadores, comunicadores, e estagiários – faz o monitoramento. Os mamíferos frequentam o litoral brasileiro especialmente para gerar seus filhotes e amamentá-los em enseadas com águas mais quentes e seguras. Diante das visitas, são realizadas diversas ações, de pesquisa, monitoramento aéreo, embarcado e por terra, a avaliação das enseadas mais importantes, da interação com a pesca, e a influência da presença desses animais para a preservação dos oceanos. 

Para saber mais- O ProFRANCA informa frequentemente em seus stories, no Instagram e Facebook, onde foram avistadas as baleias-francas. No site do Projeto (baleiafranca.org.br) há mais detalhes sobre como são identificados e um mapa das avistagens. A sede do Projeto fica na Praia de Itapirubá Norte, em Imbituba, conta com um Centro de Visitantes – o Centro Nacional Conservação da Baleia Franca – e é aberta de terça-feira a sábado, entre 9h e 12h e das 14h às-17h. Imbituba também conta com um Museu Histórico, o Museu da Baleia, localizado na Praia do Porto, antiga estação baleeira onde eram processadas as baleias caçadas na região antigamente. 

O ProFRANCA – Projeto Franca Austral – é realizado pelo Instituto Australis e conta com patrocínio da Petrobras e do Governo Federal, por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

Continue Lendo

Geral

Criciúma é vencedora do prêmio Band Cidades Excelentes 2024

Publicado

em

Criciúma foi a vencedora geral do Prêmio Band Cidades Excelentes 2024, sendo eleita cidade excelente e premiada na categoria Sustentabilidade entre municípios com mais de 100 mil habitantes. A cerimônia ocorreu nesta terça-feira (18), em Florianópolis, reunindo gestores públicos de todo o estado.

“Criciúma não para de se desenvolver. Precisamos ter orgulho da nossa cidade. Os programas e os projetos mostram a eficiência da gestão que implementamos, comprometida com a qualidade de vida e bem-estar da população. Alcançar uma boa pontuação não é para qualquer um. O prêmio que recebemos é apenas o reconhecimento de todo o trabalho de governo pensado em melhorar a vida de cada cidadão criciumense”, ressaltou o prefeito Clésio Salvaro.

Criciúma também foi finalista nas categorias Saúde e Bem-Estar e Infraestrutura e Mobilidade Urbana. Com essa vitória, a cidade disputará a etapa nacional em Brasília, no dia 1º de julho.

A premiação utiliza 72 indicadores da plataforma Índice de Gestão Municipal Aquila (IGMA), abrangendo seis pilares: Educação, Saúde e Bem-Estar, Infraestrutura e Mobilidade, Sustentabilidade, Desenvolvimento Socioeconômico e Ordem Pública, e Governança, Eficiência Fiscal e Transparência. Criciúma obteve a nota 74,97 no IGMA, liderando entre as cidades catarinenses com mais de 100 mil habitantes.

O secretário-geral Tiago Pavan atribuiu os resultados positivos ao programa Criciúma Sustentável, que inclui a maior frota de carros elétricos do Brasil, melhorias na iluminação pública, recuperação de áreas degradadas e liderança nacional em Coleta Seletiva e Destinação de Resíduos Sólidos.

O programa Criciúma Sustentável, lançado em dezembro de 2023, visa destinar cerca de R$ 40 milhões para projetos sustentáveis, incluindo a compra de carros elétricos e a construção da Fazenda Solar Nikola Tesla. A iniciativa já economizou mais de R$ 140 mil em combustível e substituiu mais de 200 pontos de iluminação pública por luminárias de LED.

O Prêmio Band Cidades Excelentes, realizado pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação em parceria com o Instituto Aquila, reconhece boas práticas de gestão pública para melhorar os serviços oferecidos aos cidadãos.

Continue Lendo

Geral

Unesc entrega mais de 160 livros arrecadados para o Presídio Regional de Araranguá

Publicado

em

A Unesc, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação, Inovação e Extensão (Propriex), da Diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias (Dirext) e Biblioteca Professor Eurico Back, efetuou na manhã desta quarta-feira (19/06), a entrega de mais de 160 livros para o Presídio Regional de Araranguá, arrecadados na campanha iniciada em abril junto aos acadêmicos e comunidade em geral.

Para a pró-reitora, Gisele Coelho Lopes, o empoderamento da sociedade se dá por meio da educação e os livros são essenciais para a transformação pessoal.

“Quando nós temos seres humanos que por alguma razão tiveram um desvio de conduta, eles precisam ter uma oportunidade de se reinserir na sociedade, de encontrar uma esperança no meio do caminho, e a Universidade tem a função de construir essas possibilidades. Os livros proporcionam uma mudança de dentro para fora para aquele que lê. Estamos felizes, pois entregamos esta contribuição para o bem da comunidade durante a semana do aniversário da nossa Universidade”, comentou a pró-reitora.

A Biblioteca Eurico Back, durante todo o ano letivo, realiza  e coordena diversas campanhas para arrecadação de obras. A última foi de livros infantis e infanto-juvenis para o Rio Grande do Sul.

“Disponibilizamos os livros graças às doações que recebemos. São diversos temas como: literatura em geral, espirita, norte-americana e de auto-ajuda.  A Biblioteca faz a separação e também doa exemplares em duplicidades. É muito gratificante para nós poder contribuir com o sistema prisional”, comentou a coordenadora da Biblioteca, Elisângela Just Steiner.

Acervo reforçado

Atualmente o Presídio Regional de Araranguá está com cerca de 360 apenados, sendo que desses, 160 participam do Projeto “Despertar Pela Leitura”. As caixas contendo os livros arrecadados foram entregues para os agentes prisionais, Vanessa Colares de Bittencourt e Daniel Possamai.

Segundo Vanessa, que também responde pela coordenação de Ensino e Promoção Social da unidade prisional, o projeto é destinado à diminuição de penas através da leitura.

“Esses exemplares reforçarão o acervo da nossa biblioteca, principalmente os exemplares de literatura. A doação será muito útil para o nosso público. Cada obra lida e resenhada e aprovada, concede ao preso quatro dias de remição da pena. Nós contatamos a Unesc, que nos deu o retorno e agora recebemos o material que será de extrema importância para a execução do projeto”, explicou a agente prisional

Lei de Execução Penal

Conforme o Artigo 126 da Lei, os condenados que cumprem pena em regime fechado ou semiaberto , que participam dos programas de Desenvolvimento Educacional no Sistema Prisional de Santa Catarina, têm um dia de pena reduzido a cada 12 horas de frequência escolar e quatro dias remidos para cada livro lido e resenhado pelo Projeto “Despertar Pela Leitura”.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2024 sulnoticias.com