Conecte-se conosco

Geral

Estudantes da rede municipal de Criciúma embarcam para competição internacional de matemática na Tailândia

Publicado

em

Nesta segunda-feira (19), oito estudantes da rede municipal de ensino de Criciúma embarcaram para uma empolgante jornada do conhecimento em Bangkok, na Tailândia. O palco dessa experiência será a International Talent Mathematics Contest (ITMC), programada para ocorrer entre quinta-feira (22) e sábado (24). Este é o terceiro ano em que estudantes da rede municipal de Criciúma participarão de uma Olimpíada Internacional de Matemática. A prova será individual, contendo 30 questões em língua inglesa, que devem ser resolvidas em 90 minutos.

A seleção dos estudantes foi feita utilizando como critério os resultados de uma outra olimpíada de origem francesa, a Matemática sem Fronteiras, cuja versão brasileira é organizada pela RedePOC do Conhecimento. Os estudantes das Escolas Municipais de Educação Básica (EMEBs) Filho do Mineiro e Hercílio Amante, que foram premiados com a medalha de ouro, participaram de uma segunda seletiva que ocorreu em dezembro, por meio de uma prova nos mesmos moldes da ITMC.

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, acompanhou o embarque dos representantes criciumenses. “Os investimentos em educação prepararam nossos alunos para desafios globais, levando o nome de Criciúma para o mundo. Estamos confiantes de que nossos matemáticos representarão muito bem nossa cidade. Que essa experiência seja enriquecedora para cada um, inspirando outros estudantes a perseguirem seus sonhos e alcançarem alturas extraordinárias”, destaca.

“Possibilitar que nossos estudantes mostrem ao mundo os seus talentos e habilidades é motivo de muito orgulho para a Secretaria Municipal de Educação. Buscamos, sempre, incentivar o interesse e a participação dos estudantes em eventos científicos, a partir de projetos inovadores, fazendo com que eles se empenhem para voar cada vez mais alto”, conta o secretário municipal de Educação, Celito Cardoso.

Os oito estudantes selecionados estão matriculados no 5º e 7º anos e têm se dedicado intensamente desde o convite para competir na ITMC. Durante os encontros do Clube da Matemática, os participantes resolvem questões de concursos da ITMC de anos anteriores, estudam conceitos matemáticos e estratégias de resolução de problemas.

Além disso, os representantes de Criciúma participam de um programa intensivo de inglês, com o objetivo de compreender os enunciados das questões e, também, adquirir habilidades comunicativas para interagir no país de realização da prova. “Estou bastante confiante, porque temos nos preparado para este momento e recebemos o apoio e incentivo das pessoas ao nosso redor. Temos grandes chances de conquistar medalhas”, relata a estudante da EMEB Filho do Mineiro, Maria Cecília de Souza João.

Educação para além das fronteiras

Prezando pelo ensino de qualidade, o Governo de Criciúma, por meio da Secretaria Municipal de Educação, investe todos os anos em estruturas e novas tecnologias nas escolas da rede municipal. A excelência da educação pública do município também é percebida a partir do desempenho dos estudantes em competições nacionais e internacionais.

Em 2018, Criciúma marcou sua estreia em uma olimpíada internacional através da representação de três estudantes do Clube de Matemática da EMEB Jorge da Cunha Carneiro. A participação pioneira ocorreu na Asia International Mathematical Olympiad (AIMO), também realizada na Tailândia. Na oportunidade, os estudantes conquistaram duas medalhas de bronze.

No ano seguinte, em 2019, o número de selecionados foi ampliado para nove estudantes das EMEBs Dionízio Milioli, Jorge da Cunha Carneiro e Profª. Lili Coelho, que viajaram até Taiwan para participar da AIMO e retornaram ao Brasil com duas medalhas de prata e quatro de bronze. “Para além da conquista de medalhas, cada participante vivencia experiências enriquecedoras que tem um impacto significativo em suas vidas”, ressalta a coordenadora de Matemática da Secretaria Municipal de Educação, Karine Calegari Mrotskoski.

O entusiasmo pela matemática

A Secretaria Municipal de Educação, buscando incentivar o entusiasmo pelo estudo da matemática, promove algumas ações como o projeto Clube de Matemática. “O projeto mostra um jeito divertido de estudar matemática, despertando o gosto e o interesse pelos estudos. A participação em olimpíadas é uma das atividades propostas nos clubes por desenvolver habilidades importantes como a concentração, controle do tempo e relacionar nas questões, diversos conceitos matemáticos. Os resultados dos estudantes inspiram e orgulham seus colegas de escola, mostrando que é possível alcançar grandes realizações por meio da dedicação à educação”, completa Karine.

Participam dos Clubes de Matemática estudantes do 5º ano e anos finais do Ensino Fundamental das escolas municipais de Criciúma. O projeto oferece a oportunidade de explorar a matemática para além do currículo convencional, numa abordagem lúdica e divertida, em encontros que acontecem no contraturno das aulas.

Geral

Gapac chega aos 30 anos mudando vidas em Criciúma

Grupo criado em 1994 é atuante na defesa dos direitos humanos

Publicado

em

O Grupo de Apoio e prevenção a Aids de Criciúma (Gapac) chega nesta sexta-feira, 12, aos 30 anos. Voluntários se reuniram em abril de 1994 em prol da Aids e hoje é atuante em diferentes ramos dos direitos humanos. A data celebra o trabalho desenvolvido com milhares de pessoas no município.

Em 1994, a AIDS assolava o mundo e era uma sentença de morte. Foi nesse contexto, que um grupo de pessoas corajosas, movidas pelo amor e pela valorização da vida, decidiu fazer a diferença. “O Gapac nasceu como um raio de esperança em meio à escuridão. Naquela época, a AIDS era uma doença recém-descoberta, cercada de medo e desinformação. As pessoas com HIV eram marginalizadas e sofriam com a falta de tratamento e apoio. Não havia medicamentos, nem políticas públicas, apenas o estigma e a discriminação”, explicou a presidente do Gapac, Alba de Souza Schmitz.

Nos primeiros anos, o apoio dos voluntários foi fundamental na luta contra o preconceito e a falta de verbas para os trabalhos. “Foram muitas lutas e dificuldades enfrentadas. Vimos amigos e companheiros partirem lutamos contra o estigma e a discriminação e batalhamos por políticas públicas que garantissem os direitos das pessoas vivendo com HIV/AIDS”, relembra Alba.

Fortalecimento

Ao longo dos anos, o Gapac se expandiu, abraçando cada vez mais pessoas. De um foco inicial em pessoas vivendo com HIV/AIDS, a organização passou a acolher também as populações-chave: profissionais do sexo, LGBTQIAPN+, pessoas em situação de rua e outras vítimas de preconceito e exclusão. “A luta contra o HIV continuou, mas ampliou seu foco para atender às populações mais vulneráveis, promovendo a autonomia, o empoderamento e a construção de vínculos de afeto, confiança, assistência e dignidade menstrual”, destacou a assistente social que atua no Gapac, Anne Schmitz.

O Gapac foi abrindo caminho, lutando para que as pessoas tivessem acesso a direitos constitucionais. Ainda hoje é necessário o enfrentamento ao preconceito. “O Gapac é um coletivo, uma comunidade vibrante de pessoas que acreditam em um futuro melhor. Somos a prova de que, juntos, podemos construir um mundo mais diverso, inclusivo e justo, onde todas as pessoas sejam livres para viver e amar sem medo”, completou Anne.

Três décadas de histórias

No aniversário de 30 anos, o Gapac celebra as incontáveis vitórias conquistadas por cada pessoa que foi impactada pelo trabalho do grupo com a força da união, da empatia, da resiliência e da luta por um mundo mais justo. “O Gapac se tornou uma voz poderosa na luta contra a homofobia, transfobia, racismo, misoginia e todas as formas de discriminação”, reforça a presidente do grupo.

A missão do grupo continua em promover e defender os direitos humanos, trabalhar para o apoio e empoderamento de todos, e contribuir para uma sociedade mais justa e inclusiva. Através de ações educativas, mobilização social, e defesa de políticas públicas.

O Gapac está localizado na rua Anita Garibaldi, 386, no centro de Criciúma e outras informações sobre o grupo e como se tornar voluntário podem ser obtidas nas redes sociais, pelo instagram no @gapaccriciuma.

Continue Lendo

Emprego

Arroio abre vagas para professores

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Educação de Balneário Arroio do Silva torna público edital de chamada Pública nº 001/2024 para contratação de professores para atuar no ano letivo de 2024.

As vagas são para professor de anos iniciais e/ou ensino infantil (20h semanais); e professor de educação especial (segundo professor)

Os candidatos interessados deverão comparecer na Secretaria de Educação na rua Antônio Luiz de Freitas, nº 40, bairro Centro, no dia 19 de abril das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h, para a entrega da inscrição.

Os documentos necessários constam no edital que está disponível no site da Prefeitura www.arroiodosilva.sc.gov.br

Continue Lendo

Geral

Hospital Veterinário oferece cirurgias a preço social

Publicado

em

O Hospital Veterinário do Unibave (HVU), em Orleans, está oferecendo cirurgias terapêuticas para caninos e felinos, com preço social. Conforme a diretora do HVU, Lívia Valente, os procedimentos incluem cirurgias para correções de hérnias, mastectomia, nodulectomia, piometra, enucleação, ortopedia, amputação, entre outros procedimentos. Serão cinco vagas por semana, com datas agendadas.

A diretora, que também é professora do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário Barriga Verde, explica que os serviços oferecidos serão realizados a preço de custo junto à turma da sétima fase do curso, durante a disciplina de Clínica Cirúrgica.

“As cirurgias serão realizadas pelo professor responsável, com o auxílio dos acadêmicos, de modo a garantir o melhor resultado e segurança dos serviços oferecidos”, garante Lívia. Segundo ela, esta é a maneira de contemplar os tutores de pet que procuram atendimento de qualidade e possuem pouca condição financeira para tratar o seu Pet”, comenta.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2024 sulnoticias.com