Conecte-se conosco

Geral

Unesc atende em horário diferenciado

Publicado

em

Ouça esta matéria

No primeiro mês do ano, a Universidade atenderá em horário especial. As atividades e serviços essenciais ao público interno e externo seguem sendo realizados e oferecidos a partir desta segunda-feira (11/1) em períodos pensados para atender da melhor maneira a demanda. O atendimento geral voltará a ocorrer nos três períodos a partir da primeira semana de fevereiro, com previsão para o dia 10.

A Central de Atendimento ao Acadêmico (Centac) estará aberta de segunda a sexta-feira das 9 horas às 19h30, para atendimento dos veteranos e dos novos alunos da Unesc. O polo de Criciúma da Unesc Virtual estará atendendo na Centac até o início de fevereiro, das 13 às 19 horas, de segunda a sexta-feira.

Neste período, o atendimento no polo da Unesc Virtual em Balneário Rincão ocorrerá pelo telefone (48) 34331-2769 ou pelo Whatsapp (48) 99669-0089. A Unesc Araranguá estará de portas abertas ao longo de janeiro e início de fevereiro, das 13 às 20 horas, durante a semana.

O Parque Científico e Tecnológico (Iparque), já voltou ao horário normal de atendimento, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas. Para quem quiser usar os serviços oferecidos pela Biblioteca Professor Eurico Back, ela estará aberta de segunda a sexta-feira das 13h30 às 19h30. Já o atendimento aos pais, alunos e futuros estudantes do Colégio Unesc, ocorrerão das 8h30 às 14h30, de segunda a sexta-feira.

As Casas da Cidadania e o Centro de Práticas Jurídicas (CPJ) da Unesc vão funcionar em sistema de plantão a partir do dia 20 de janeiro. Os contatos devem ser feitos no período vespertino pelo telefone (48) 3431-2647 (Casas da Cidadania) ou pelo WhatsApp (48) 99949-8714 (CPJ). A Unidade Judiciária de Cooperação (UJC) reiniciou os atendimentos, mas apenas de maneira presencial mediante agendamento pelo telefone (48) 3431-2659.

Os serviços oferecidos pelas Clínicas Integradas da Unesc à comunidade interna e externa também terão horários diferenciados. O Centro Especializado em Reabilitação (CER), realizará atendimentos de segunda a sexta-feira das 8 às 12 horas e das 13 às 19 horas. O Núcleo de Promoção e Atenção Clínica a Saúde do Trabalhador (Nupac – ST) funcionará às terças, quartas e quintas-feiras no período matutino. A partir desta segunda-feira (11/1), o Ambulatório de Fibromialgia atenderá pacientes das 8 às 12 horas e das 13 às 19 horas.

O atendimento no Programa de Automonitoramento Glicêmico (PAMGC) e no Núcleo de Prevenção às Violências e Promoção da Saúde (Nuprevips) ocorrerá durante o mês de janeiro e início de fevereiro, de segunda a sexta-feira das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas. Os pacientes ostomizados que utilizam os serviços das Clínicas Integradas da Universidade também receberão atendimento no mesmo horário do PAMGC e do Nuprevips.

A Farmácia Escola estará aberta de segunda a sexta-feira das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas. O Serviço de Medicina atenderá das 8 às 20 horas, com horário agendado, de segunda-feira a sábado.

Ainda nas Clínicas Integradas, o SOS, a Farmácia Solidária, o Ambulatório de Feridas, o Serviço de Odontologia, o Serviço de Psicologia, o Serviço de Nutrição e o Serviço de Fisioterapia retornarão a atender em fevereiro.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Coronavírus em SC: Governo do Estado decreta novos protocolos de saúde para enfrentamento à Covid-19

Publicado

em

Ouça esta matéria

O Governo do Estado anunciou nesta quarta-feira, 24, novas medidas de enfrentamento à Covid-19 em Santa Catarina. Os protocolos de saúde, previstos em decreto, têm o objetivo de desacelerar a curva de contágio da doença em um momento de alta taxa de ocupação dos leitos clínicos e de UTI no Estado. As medidas entram em vigor nesta quinta-feira, 25, e valem por 15 dias.

>>> Decreto completo neste link

Conforme o Decreto No 1.168, as novas medidas levam em consideração o agravamento do cenário epidemiológico, principalmente em termos de pressão hospitalar e ocupação de leitos de UTI. Entre os motivos técnicos que embasam o decreto, observa-se a necessidade de redução no número de casos ativos, promovidos por meio do reforço nas medidas de prevenção, como uso de máscaras, higienização das mãos, ambientes seguros e arejados e, principalmente, reforço nas medidas de distanciamento social, evitando aglomerações que podem dispersar rapidamente o vírus na comunidade. Além disso, o Governo anunciou nessa semana reforço na fiscalização e quase R$ 1 bilhão em recursos para medidas de enfrentamento à Covid-19.

“O momento exige, novamente, a adoção de medidas de prevenção e a conscientização de cada cidadão para controlarmos o avanço da doença. O Estado tem atuado com agilidade e empenho em várias frentes de combate, de modo a proteger a vida, garantir o convívio seguro e a manutenção dos serviços e atividades essenciais à população”, frisa o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

Entre as medidas, está a proibição, por quinze dias, das atividades em casas noturnas e casas de espetáculos e a limitação da venda e consumo de bebidas alcoólicas em postos de combustíveis e suas lojas de conveniência entre 00h e 06h. Ambas medidas valem em todos os níveis de risco.

As aulas da rede pública estadual e o funcionamento do ensino presencial estão mantidos em todo o Estado, conforme regulamentação em vigor. No transporte coletivo municipal, intermunicipal e interestadual, a limitação da ocupação dos ônibus é de 50% de passageiros sentados, em todos os níveis de risco.

As medidas também contemplam a redução do limite de funcionamento para 25% de ocupação, em todos os níveis de risco, das atividades de parques temáticos e zoológicos, cinemas e teatros, circos e museus e igrejas e templos religiosos.

Ainda há modificação nos limites de ocupação e horários para eventos sociais, bares e estabelecimentos comerciais como restaurantes, shoppings centers e academias. Confira a lista completa de medidas abaixo.

Vale destacar que os municípios do Estado poderão estabelecer medidas específicas de enfrentamento mais restritivas do que as previstas no Decreto, a fim de conter a contaminação e a propagação do Covid-19 em seus territórios. O documento publicado nesta quarta-feira, 24, ainda estende o decreto de calamidade pública para enfrentamento da pandemia de Covid-19, até o dia 30 de junho de 2021, em todo o território catarinense.

A Secretaria de Estado da Saúde irá regulamentar as medidas em protocolos e regramentos sanitários específicos. O decreto estabelece que a fiscalização do cumprimento das medidas ficará no a cargo da Polícia Militar e da Polícia Civil de Santa Catarina, sem prejuízo da atuação de órgãos com competência fiscalizatória específica federais, estaduais e municipais.

Continue Lendo

Geral

Criciúma reforça Telecovid 156 para informar e orientar a população com sintomas de coronavírus

Publicado

em

Ouça esta matéria

O setor de Vigilância da Secretaria de Saúde de Criciúma, reforça a prestação de serviços do Telecovid por meio do telefone 156. O atendimento é feito por uma equipe de profissionais, especializada e preparada para sanar dúvidas e, principalmente orientar a população sobre os procedimentos que devem ser adotados caso tenha sintomas da Covid-19. O serviço é prestado das 7h às 19 horas e para obter as informações o morador deve escolher a opção 1.

“Informações como formas de contaminação do vírus, medidas de isolamento e restrições, recomendações para prevenção e tratamento, horário e local para atendimento são alguns exemplos do que é ofertado pelo serviço”, afirmou o gerente de Vigilância em Saúde de Criciúma, Samuel Bucco, acrescentando que “o atendimento pelo telefone também ajuda a evitar o deslocamento dos pacientes e contribui para a diminuição do contágio”. O número 156 faz parte da Ouvidoria Geral da prefeitura e foi adotado para o serviço como uma forma de facilitar o contato da população.

“Estamos muito preocupados com o novo aumento no número de casos positivados em todo o Estado e nossa cidade não é diferente. Para que não haja colapso no sistema de saúde, é importante que cada um faça a sua parte. Todos sabemos as medidas sanitárias que devem ser adotadas, basta termos a responsabilidade de pelo menos evitar a disseminação ainda maior da doença”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Acélio Casagrande.

Continue Lendo

Geral

Avança estudo sobre extensão da Via Rápida até o Rincão

Publicado

em

Ouça esta matéria

Os engenheiros e técnicos da Unesc, Balneário Rincão e Içara seguem trabalhando no estudo de viabilidade de extensão da Via Rápida para os municípios. Os profissionais se reuniram nesta terça-feira (23/11), no Iparque (Parque Científico e Tecnológico) da Universidade. A manhã de trabalhos foi para lapidar as possibilidades de traçado a ser construído.

A partir deste avanço, conforme o engenheiro técnico do Cegeo (Centro de Engenharia e Geoprocessamento) da Universidade, Jóri Ramos Pereira, dois possíveis traçados foram definidos. Agora as possibilidades serão apresentadas aos prefeitos e outras lideranças. Se as duas opções forem bem vistas, uma reunião será marcada na Acic (Associação Empresarial de Criciúma) para a apresentação final e escolha.

Até a aprovação, a iniciativa segue caracterizada como estudo. “Definimos com a equipe técnica das duas prefeituras os melhores traçados. As propostas serão apresentadas e posteriormente o traçado escolhido poderá ser base para que as prefeituras decidam a melhor forma de início para os projetos básico e executivo, fases de detalhamento das diretrizes necessárias para tirar a obra do papel”, explica Pereira.

Trabalho em conjunto

A reunião de definição dá continuidade ao trabalho em conjunto dos poderes municipais e Universidade. Na última quarta-feira (17/2), representantes da Universidade, Acic, prefeituras e associações empresariais de Balneário Rincão e de Içara reuniram-se para o acompanhamento das possibilidades do projeto. 

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com