Conecte-se conosco

Geral

Ampliações de salas de aula beneficiam estudantes de dois bairros de Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

Criciúma

Mais salas de aula já estão disponíveis para receber os alunos. As Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental (EMEIEF) Casemiro Stachurski, do bairro Linha Batista, e a José Giassi, do bairro Quarta Linha, foram contempladas com a construção de sete novos espaços para atender os alunos. O Governo de Criciúma investiu mais de R$ 763 mil nas duas obras.

Na Escola José Giassi foram três novas salas de aula, com uma ampliação de 256, 41 m². Conforme a diretoria da escola, Adria Vanusa Corrêa, a unidade aderiu ao ensino em tempo integral e precisava de mais espaço para atender aos alunos. “Tivemos a adesão ao período integral no ano passado, nas turmas da Educação Infantil até 5º ano do Ensino Fundamental, e precisávamos nos adaptar e formar uma logística para atender aos estudantes, e os novos ambientes ajudaram nisso”, ressaltou.

A EMEIEF Casemiro Stachurski também recebeu ampliação de salas de aula. O espaço foi beneficiado com mais quatro salas, sendo uma com banheiro para a Educação Infantil. A ampliação foi de 364,41 m². “Todas as nossas escolas receberam melhorias. Não apenas na infraestrutura, mas também na qualidade de ensino, como as aulas de inglês on-line, clubes de matemática e o Projae”, acrescentou a secretária de Educação, Cristiane Uliana Fretta.

A EMEIEF Maria Angélica de Paulo, do bairro Jardim das Paineiras, também terá duas novas salas. A unidade está com obras de ampliação de 116,97m². O investimento é de quase R$ 185 mil.  

Novas escolas

Além das ampliações, a Prefeitura de Criciúma está construindo duas novas escolas: Filho do Mineiro, no bairro Metropol, e a Amaro João Batista, do bairro Vila Nova Esperança. O espaço do bairro Metropol terá três pavimentos, estrutura da escola, a ala da Educação Infantil e o refeitório para atender 500 estudantes. A estrutura contará com 24 salas de aula, sendo quatro para a Educação Infantil com banheiros adaptados, salas administrativas, área multiuso, auditório, laboratório de ciências, salas de artes, playground infantil e refeitório.

Já a Escola Amaro João Batista é a última escola de madeira da rede municipal de ensino. A nova estrutura terá sete salas de aula, sala de artes, sala de informática, salas para Educação Infantil, biblioteca, banheiros, espaço administrativo, refeitório e cozinha. As duas escolas também contarão com ginásios de esportes.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Criciúma chega a 248 mortes por Coronavírus

Publicado

em

Ouça esta matéria

O município de Criciúma chegou nesta sexta-feira as 248 mortes registradas na cidade em decorrência da Covid-19. As três últimas vítimas foram confirmadas em boletim enviado pela vigilância epidemiológica.

As vítimas são três homens. Eles tinham 44, 35 e 63 ano e estavam internados em hospitais da cidade. O município segue solicitando a população que mantenha atenção aos cuidados para as medidas sanitárias de combate ao Coronavírus.

Continue Lendo

Geral

Em Morro da Fumaça, aulas iniciam no dia 17 de fevereiro de forma híbrida

Publicado

em

Ouça esta matéria

Os alunos da Rede Municipal de Morro da Fumaça retomam as aulas no próximo dia 17 de fevereiro de forma híbrida devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Todos os detalhes foram definidos em encontro com as gestoras das escolas e dos Centros de Educação Infantis (CEI’s).

A secretária do Sistema de Educação, Greicy Salvador Zaccaron, explica que para organização do retorno, os pais responderão uma pesquisa para que se tenha uma diagnóstico do retorno. “Os pais terão a opção de escolher se o filho terá aula presencial ou remota”, destaca.

A lei  18.032/2020, do Governo do Estado, considera as atividades educacionais essenciais, por isso a opção pelo presencial, porém, para isso, foi elaborado o Plano de Contingência da Educação para a Retomada das Aulas Presenciais (Plancon Edu). “É um instrumento de planejamento e preparação que está pronto e aprovado pela Defesa Civil e por uma comissão criada para acompanhar este trabalho. Por isso, os pais podem ficar tranquilos que o retorno será seguro. Estamos tomando todas as medidas de prevenção e combate ao coronavírus”, pontua Greicy.

Conforme a portaria conjunta 983/2020, se a Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) estiver  na matriz de risco grave (cor laranja), e se manter assim ou migrar para a matriz amarela ou azul, as escolas e CEIs estão autorizadas a retomar as aulas presenciais, desde que a capacidade operativa das salas respeitem o distanciamento social de no mínimo 1,5 metro.

Continue Lendo

Geral

Não dê esmolas: Assistência Social de Criciúma alerta sobre riscos decorrentes da ação

Publicado

em

Ouça esta matéria

Criciúma dispõe de três serviços à disposição da população em situação de rua. Por isso, a Secretaria Municipal da Assistência Social e Habitação pede para que a população não oferte esmolas. Isso porque, na maioria dos casos, as doações não são utilizadas para a alimentação, além de incentivar a permanência nas ruas e não proporcionar bem-estar às pessoas.

A permanência da população em situação de rua nas sinaleiras pode ocasionar riscos, como atropelamentos e acidentes ao estarem caminhando pelas avenidas. “Se não for ofertada a esmola, automaticamente essa população que se encontra em situação de rua vai procurar os atendimentos disponibilizados pelo governo”, explicou o secretário municipal da Assistência Social e Habitação de Criciúma, Bruno Ferreira.

Serviços em prol da população em situação de rua

Os serviços à disposição da população em situação de rua estão funcionando normalmente. São estes: Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), Casa de Passagem e Abordagem Social.

“Estes serviços são essenciais para que eles tenham direito à alimentação, banho, vestuário, bem como atendimentos e acompanhamentos”, afirmou a coordenadora da Proteção Social Especial de Média e Alta Complexidade, Dudi Sônego.

Centro Pop

Aberto de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, o Centro Pop dispõe de refeições, vestuários, sanitários, higiene pessoal, armazenamento de pertences e emissão de documentos. Diariamente, cerca de 35 cafés da manhã, 25 almoços e 20 cafés da tarde para a população em situação de rua que recorre ao equipamento. Este fica localizado na rua Martinho Lutero, 179-325. Saiba mais em: https://www.criciuma.sc.gov.br/site/noticiaUnica.php?noticia/14086#conteudo.

Casa de Passagem

Com vagas para 20 homens e oito mulheres, a Casa de Passagem funciona 24h horas por dia, em todos os dias da semana. No local, são realizados encaminhamentos, prestados auxílios para a elaboração de currículos, além de conter dormitórios, refeições e higiene pessoal a disposição dos usuários. A Casa de Passagem fica na rua Giácomo Sônego Neto, 415, no bairro Pinheirinho. Saiba mais em https://www.criciuma.sc.gov.br/site/noticiaUnica.php?noticia/14414#conteudo .

Abordagem Social

A Abordagem Social consiste em educadores que circulam pelas ruas, oferecendo os serviços do Centro Pop e da Casa de Passagem à população em situação de rua. Saiba mais em https://www.criciuma.sc.gov.br/site/noticiaUnica.php?noticia/15012#conteudo .

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com