Conecte-se conosco

Geral

Covid-19: Treviso inicia vacinação em crianças de 6 meses a 2 anos

Publicado

em

Ouça esta matéria

A Secretaria de Saúde de Treviso iniciou a vacinação contra a Covid-19 em crianças de 6 meses a 2 anos, 11 meses e 29 dias com ou sem comorbidades. A vacinação acontece na Unidade de Saúde Dilnei Sônego, das 8h às 20h, sem fechar ao meio-dia.

Para receber o imunizante, a criança deve estar acompanhada de um adulto responsável e apresentar um atestado ou relatório médico que comprove a condição clínica. Também é necessário agendar horário por meio do telefones: 3469-0468 e (48) 99688-3034.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

Plano de Mobilidade Urbana: nova pesquisa voltada para o sistema cicloviário inicia em Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

Mais uma pesquisa do Plano de Mobilidade Urbana está disponível para a população criciumense. Desta vez, é voltada para os moradores que utilizam bicicleta e a rede cicloviária da cidade. A pesquisa está disponível em um formulário online por meio do link: http://bit.ly/3OH33vb e segue até o dia 1º de dezembro.

O formulário visa saber a opinião do morador sobre a quantidade de ciclovias, qualidade das ciclovias, o tempo de viagem, sensação de segurança e a avaliação geral do sistema cicloviário do município. A pesquisa está sendo realizada pela Secretaria de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, por meio da empresa contratada Consultran.

“O objetivo desse estudo é abordar o morador e visitante de Criciúma que utiliza a bicicleta como um meio para se locomover pela cidade, seja para trabalhar, estudar, fazer compras ou só por lazer, para, no final, podermos propor medidas que visam melhorar a rede cicloviária do município”, frisou o engenheiro civil da empresa Consultran, Rodolfo Koch Wetter.

No fim da pesquisa, tem um campo aberto para críticas e sugestões sobre o sistema cicloviário da cidade.

Plano de Mobilidade Urbana

O Plano de Mobilidade Urbana visa realizar um estudo completo de todos os modais da cidade. O estudo conta com pesquisas e levantamentos, análise de dados, elaboração de mapas temáticos e elaboração de planos de ações. As propostas devem abranger planos de ação de curto prazo, para implementação até em 2030, médio prazo, para implementação até 2040 e longo prazo, para 2050.

O plano terá uma ênfase também na malha cicloviária e no escoamento de cargas, além de melhorar a circulação dos moradores nos ambientes urbanos.

Continue Lendo

Geral

Forquilhinha: Moradores do bairro Cidade Alta conhecem projeto de desassoreamento do Rio Sangão

Publicado

em

Ouça esta matéria

Os moradores do bairro Cidade Alta, em Forquilhinha, participaram de uma reunião na última segunda-feira, dia 22, de apresentação do projeto conceitual de desassoreamento do Rio Sangão, no Centro Comunitário. O encontro contou com a participação da comunidade e lideranças e também de moradores do bairro Sangão, de Criciúma. A obra de dragagem terá um investimento de R$ 7 milhões de reais, num prazo de seis meses para a execução.

O engenheiro ambiental Ademar Savi Filho, da empresa Asavi Engenharia, fez a apresentação de projeto desenvolvido entre os meses de julho a setembro, encaminhado e protocolado no Instituto do Meio Ambiente (IMA), em 30 de setembro. “O projeto prevê a dragagem com escavadeira hidráulica com a retirada de aproximadamente 1,5 metros de sedimentos, em 8,4 quilômetros de extensão. O volume total deverá chegar a 203 mil metros cúbicos a serem extraídos do Rio Sangão. Para a caracterização da área e as definições de projeto, foi realizado um diagnóstico geral incluindo a caracterização dos solos, do clima, fauna e da flora, os aspectos sociais e ambientais envolvendo também a análise dos dados hidrológicos e hidráulicos do rio (características químicas das águas e dos sedimentos a serem extraídos, além das medições relacionadas aos níveis reais das últimas enchentes ocorridas no período de elaboração do projeto). Percorremos algumas vezes o rio de barco, também às margens para apontarmos quais os pontos eram possíveis limpar por cima do rio, onde não tem vegetação mais expressiva. Além de averiguarmos aqueles pontos para correr com os equipamentos por dentro do rio para a realização da dragagem. Foram propostos sete pontos onde o material será colocado para secar e depois fazer a destinação correta conforme exige os órgãos ambientais”, comentou.

O prefeito José Cláudio Gonçalves, o Neguinho pontou a preocupação em iniciar o projeto de desassoreamento do Rio Sangão. “No início do ano percorremos de helicóptero e de bote o que possibilitou identificarmos a quantidade de ilhas, de erosão e a quantidade de lixo depositado no rio. Será necessário realizar um trabalho de conscientização das comunidades sobre a preservação do meio ambiente e a sustentabilidade. Mas precisamos ter a responsabilidade de lançar uma obra histórica, necessária, e que mexe com a vida das pessoas e o bem-estar das famílias com dinheiro garantido. Assim que o projeto for aprovado pelo IMA iniciamos os trabalhos de desassoreamento. Também temos o aval do Promotor Público Federal e a obra irá sair do papel com ou sem recurso do governo do Estado. Em nosso projeto iremos limpar o trecho de Criciúma e já estive conversando com o prefeito Clésio Salvaro sobre uma medida compensatória ao município. O importante que iremos resolver uma situação história, de calamidade pública da Cidade Alta e dos bairros Ouro Negro e Nova York”, afirmou.  

Continue Lendo

Geral

Covid-19: Urussanga volta a registrar mais de 15 casos ativos da doença e acende alerta para cuidados 

Publicado

em

Ouça esta matéria

Após semanas em baixa, e com dias em que o número de casos ativos de Covid-19 chegaram a zero, Urussanga voltou a registrar mais de 15 casos em tratamento da doença. Segundo boletim da Secretaria de Saúde, foram nove positivos confirmados apenas nesta segunda-feira (21), totalizando 16 casos ativos no momento, todos em tratamento domiciliar. 

A alta, pode estar relacionada à circulação da subvariante Ômicron BQ.1 do Coronavírus, que tem acendido alerta em todo o Brasil e no mundo, devido a rápida propagação.

“A Covid-19 tem apresentado diversas mutações, e novas vão continuar surgindo, mas o aumento de casos nos mostra uma coisa: a importância de continuarmos a prevenir e nos vacinarmos. Muitas pessoas não concluíram o esquema vacinal contra o coronavírus por conta da redução de positivos, mas esse novo aumento, é um alerta”, explica a secretária municipal de saúde, Ingrid Zanellato.

Não há mudanças em relação aos sintomas, que continuam sendo, para a maioria dos pacientes: dor de cabeça, tosse, febre, dor de garganta, cansaço, perda de olfato e paladar. “As vacinas estão disponíveis em todas as unidades de saúde, basta comparecer ao local com cartão do SUS e comprovante das doses já tomadas”, completa a secretária.

Além disso, o uso de máscara para pessoas que apresentam sintomas gripais e para quem acessa serviços de saúde e espaços com aglomeração de pessoas é altamente recomendado, além dos já conhecidos cuidados com higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, Urussanga já registrou 7065 casos da Covid-19, dos quais 6972 estão recuperados, 16 casos estão em tratamento e 77 pessoas morreram.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2022 sulnoticias.com