Conecte-se conosco

Geral

Em Criciúma, Gabriel Ishida ensina a alavancar negócios

Publicado

em

Criciúma

“Não se faz mais marketing sem dados”, essa é uma constatação do especialista nas áreas de Influencer Marketing e Analytics, Gabriel Ishida, que estará em Criciúma no dia 8 de agosto. Mas, mais do que falar a respeito, Ishida vem para repassar seus conhecimentos adquiridos nos últimos nove anos, que já renderam a ele projetos de marcas como Coca-Cola Company, Itaú, Smart Fit, Chivas Regal, Abolut Vodka e Latam Airlines.

O evento “Side By Side – Como usar dados para criar estratégias” é uma promoção da agência Ápice360°, terá como palco a sede da Associação Empresarial de Criciúma (Acic) e contará com dois workshops. No período da manhã o assunto serão as métricas, já na parte da tarde o tema é marketing de influência.

Ishida comenta que todos aqueles que querem alavancar seus negócios/ideias utilizando as plataformas digitais são público-alvo do curso. “Influência é algo que existe desde que o ser humano começou a se organizar socialmente. Sempre houve pessoas que influenciavam a escolha das outras, de forma consciente ou não. Sendo assim, técnicas de Influencer Marketing podem ser aplicadas em qualquer negócio, desde B2B até ONGs. Basta mesmo entender as principais técnicas e como se dá a influência em seu ramo de negócio”, afirma.

Para o especialista, ideias criativas sempre terão o seu espaço significativo na criação de campanhas, porém, o conhecimento sobre dados potencializa a informação a ser repassada, que chega ao seu destino de forma mais certeira e com mais qualidade.  

“Perceber a tendência de comportamento ou ver a expectativa de crescimento de uso da tecnologia, por exemplo, são formas de se utilizar os dados para se pensar na criação. Hoje se discute muito a ideia do Creative Data Driven, que é a criatividade suportada por dados. A ideia fica muito melhor quando está alinhada e suportada por dados”, destaca.

Como participar

Os ingressos para o evento “Side By Side – Como usar dados para criar estratégias”, com Gabriel Ishida, já estão à venda e podem ser adquiridos no link wized.com.br/sidebyside. O workshop da manhã será realizado das 8h ao meio-dia e terá como tema “Métricas – como melhorar os relatórios, avaliar e mensurar os resultados com precisão”.

À tarde o evento começa às 13h30min e segue até as 17h30min, com o assunto “Influencer marketing – planejar uma escolha, escolher, avaliar, negociar e mensurar influenciadores para sua marca ou cliente”. Os workshops custam R$ 66 cada, mas também é possível adquirir o passaporte para o dia inteiro, com oito horas de curso, por R$ 110.

Gabriel Ishida também é professor de instituições reconhecidas, como a Faculdade Cásper Líbero, a Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e a Fundação Armando Alvares Penteado (Faap). Ele ainda é proprietário da escola Atlas Media Lab, que oferece cursos e conteúdo sobre marketing digital, e tem duas publicações em livros com artigos sobre influenciadores pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados (IBPAD). Ele foi duas vezes indicado ao Prêmio Share e esteve cinco vezes entre as cinco principais referências no mercado de monitoramento e métricas.

“Toda essa experiência sobre como utilizar as métricas para obter melhores resultados será o foco do workshop que o Ishida, mestre no assunto, irá trazer para Criciúma. É mais uma oportunidade de expandir os conhecimentos na área da comunicação que a Ápice quer proporcionar a todo o mercado do Sul Catarinense”, afirma o diretor de conteúdo da Ápice 360°, Lucas Borges.

O evento “Side By Side – Como usar dados para criar estratégias” tem o apoio da Anjo Tintas, da Associação Empresarial de Criciúma (Acic), do Hotel Centenário e do Farol Shopping.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Criciúma confirma três mortes por Coronavírus. Morro da Fumaça também registra óbito

Publicado

em

Criciúma

A Vigilância Epidemiológica de Criciúma confirmou nesta terça-feira mais três mortes provocadas pelo Novo Coronavírus no Município. Com isso a cidade alcança a marca de 314 mortes desde o início da pandemia.

As vítimas são dois homens com 73 e 74 anos e uma mulher de 66 anos. Os três estavam internados e não responderam ao tratamento.

Em Morro da Fumaça foi confirmada a morte de um homem de 64 anos. Portador de comorbidades, ele estava hospitalizado e não resistiu as complicações provocadas pela Covid-19. Foi a 12ª morte registrada no município.

Continue Lendo

Geral

Ferido por criminosos, PM segue internado

Publicado

em

Criciúma

O policial Jeferson Esmeraldino, 32, que foi ferido pelos criminosos durante a ação desta madrugada em Criciúma, segue internado. Segundo Nota encaminhada pela PM à Imprensa, ele está na UTI e em Observação. Durante a tarde dessa terça-feira circulou a informação de que o polícia tinha ido a óbito, mas a informação não procede.

Confira a nota da PM A Polícia Militar de Santa Catarina informa que o soldado Jeferson Luiz Esmeraldino, 32 anos, alvejado na ocorrência da última madrugada em Criciúma segue internado na UTI, em observação.

A Deputada Ada de Lucca (MDB) que manifestou pesar sobre a morte do Policial na sessão da Assembleia Legislativa, também emitiu nota pedindo desculpas.

Confira a nota da Deputada A deputada estadual Ada de Luca pede desculpas aos familiares e amigos do soldado da Polícia Militar, Jeferson Luiz Esmeraldino, pela divulgação de informação equivocada sobre seu falecimento.
“Enquanto aguardamos informações oficiais, reforço os meus pedidos de oração pelo policial Jeferson, pelo vigilante que também foi atingido, e também por todos que foram afetados por essa ocorrência. Desejamos paz por Criciúma”, disse Ada, em retratação no plenário.

Continue Lendo

Geral

Explosivos ficaram espalhados na área central

Publicado

em

Criciúma

Após a ação criminosa da madrugada desta terça-feira em Criciúma, os bandidos fugiram da cidade deixando parte dos explosivos espalhados pela área central. Segundo o Major Lucius Paulo de Carvalho, do Bope de Santa Catarina, o explosivo utilizado pelos bandidos é o Melatom. “É o mesmo material usado nas pedreiras, mas eles fazem um sistema de cápsula que torna ele ainda mais potente”, explica.

Segundo o Major, parte deste material ficou espalhado pela área central da cidade. “O material estava pronto para explosão. Tinham explosivos deixados ao longo das vidas e em frente ao banco tinha pelo menos 70 cargas com acionamento remoto. Se o material todo tivesse explodido teríamos danos severos em um raio de pelo menos 200 metros”.

Todo o material encontrado pelo Bope foi desarmado e detonado de maneira controlada em uma área segura.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2020 sulnoticias.com