Conecte-se conosco

Geral

Fiesc afirma que judicialização de pedágios pode prejudicar o Sul

Publicado

em

Ouça esta matéria

Criciúma

Para a Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), o movimento contra a proposta de concessão do trecho sul da BR-101 pode ser prejudicial para os catarinenses. “Uma ação judicial adiará ainda mais os investimentos na segurança, integridade e fluidez do eixo. Estrada ruim é sinônimo de óbitos, aumento dos custos logísticos, danos ao meio ambiente, além de perda da competitividade. Sabemos que a justiça não é uma alternativa célere”, avalia o presidente da entidade, Mario Cezar de Aguiar, salientando que a falta de manutenção da rodovia exigirá investimentos quatro vezes maiores para sua restauração.

“A atitude é temporalmente inoportuna. A ANTT cumpriu o rito e a transparência exigidos. Foram quatro meses disponíveis para manifestação por escrito ou verbal, nas três audiências públicas. Prazo razoável para fazer uma análise fundamentada, articular um movimento e se contrapor ao proposto”, afirma Aguiar. Ele observa que a FIESC não só participou das audiências como analisou tecnicamente a proposta, concluindo pela coerência do plano de exploração. Nas audiências, a Federação sugeriu a aplicação de parte dos investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D) para implantar o pedágio por quilômetro rodado.  

Para a FIESC, a reação contra a concessão é fundamentada principalmente na discrepância da tarifa proposta com a praticada no trecho norte. “Os valores foram definidos pelo volume de tráfego e projeção de receita e investimentos. É também uma tarifa de referência, sujeita ao deságio, que no caso do trecho norte foi de 60%”, argumenta. Outro questionamento é em relação ao número e à disposição das praças de pedágio. “Enfatizamos que não se trata de definição aleatória. Foi considerado o melhor arranjo para viabilizar R$ 3,9 bilhões de investimentos e a remuneração do investidor”, completa.

Para Aguiar, é preciso haver uma reflexão sobre os reais benefícios do gesto, considerando a complexidade do tema, que é estratégico para o desenvolvimento socioeconômico do Estado e para o futuro da BR-101.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Criança de nove meses morre de Covid em Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

Uma criança de apenas nove meses de vida morreu nesta quarta-feira em Criciúma. O caso foi confirmado em boletim pela vigilância epidemiológica da cidade. Ela nasceu com patologias, entre elas, cardiopatia congênita, que teve seu caso agravado pelo coronavírus e não resistiu. Foi a vítima de número 278 da pandemia na cidade.

Nesta quarta-feira a Região Carbonífera registrou uma outra morte. A vítima foi um homem de 68 anos. Morador de Cocal do Sul ele tinha comorbidades e estava internado no Hospital São Jose.

Além disso, Cocal do Sul registrou 13 novos casos de coronavírus nesta quarta-feira, dia 3 de março, além de 8 curas no dia de hoje. Atualmente, 41 pacientes estão em tratamento, sendo 39 em casa e dois na clínica. Até agora, o município já contabilizou 1824 casos da doença e 1756 curas desde que iniciou a pandemia.

Continue Lendo

Geral

Comissão de obras da Câmara intermedia reunião entre comerciantes da Santos Dumont e secretário de obras

Publicado

em

Ouça esta matéria

Ocorreu nesta quarta-feira (03) no paço municipal Marcos Rovaris, uma reunião entre representantes do comércio da avenida Santos Dumont no bairro São Luiz e o secretário de infraestrutura, planejamento e mobilidade urbana de Criciúma, Tita Belloli. O encontro foi intermediado pelos vereadores integrantes da comissão de obras da Câmara Municipal, Salésio Lima (PSD), Obadias Benones (Avante), Márcio Darós (PSDB) e Miguel Pierini (PP).

No local a prefeitura está realizando as obras do binário da Santos Dumont e os empreendedores reclamam da falta de acesso aos estabelecimentos, das condições dos desvios e também da sinalização. “Nossa maior reivindicação é manter os desvios em condições de trafegabilidade e garantir que a prefeitura passe a niveladora constantemente na Santos Dumond. A limpeza das calçadas também se faz necessário, pois muito material usado na obra é colocado em cima delas e isso dificulta demais”, ponderou Márcio Soares, proprietário de uma Lotérica.

Para Silvana Marcon, representante do setor supermercadista, a prefeitura precisa entender o lado dos comerciantes que estão sofrendo com o baixo movimento, que além da pandemia acaba ficando ainda mais prejudicado em virtude das dificuldades de acesso que os clientes tem devido as obras. “Hoje está muito complicado, além da pandemia a mobilidade no bairro foi muito afetada e o comércio está sofrendo demais. Sabemos que a obra é importante, mas precisamos fazer algo. O movimento caiu até 70% em alguns estabelecimentos”, declarou.

Os vereadores integrantes da comissão de obras se comprometeram a ser o elo entre os lojistas e o paço municipal. Após a reunião os parlamentares foram até o local e verificarem de perto todos os problemas relatados. “De fato a situação é compreensível. Sabemos que esta será uma das maiores obras da história da cidade, porém é preciso levar em consideração os pedidos feitos hoje, e, além disso, tentar atender o pleito da comunidade”, falou o vereador Márcio Darós, morador do bairro São Luiz.

O secretário Tita Belloli ouviu atentamente todas as reclamações e prometeu empenho para que as ações necessárias sejam realizadas já nos próximos dias.

Continue Lendo

Geral

Samu realiza parto de emergência em Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

Uma equipe do Samu precisou atuar para realizar um parto de emergência nesta quarta-feira em Criciúma. Os socorristas foram chamados pouco depois do meio dia por uma moradora do Bairro Ana Maria. Ela informou as profissionais que estava em trabalho de parto e não conseguiu se deslocar ao hospital

Com apoio de um médico via telefone o técnico de enfermagem Luís Eduardo Vitório e o condutor-socorrista Willian Sebastião  realizaram o procedimento. O trabalho foi bem sucedido e mãe e bebê foram encaminhados em seguida para o Hospital Materno Infantil Santa Catarina.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com