Conecte-se conosco

Geral

Fim do papel no Legislativo de Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

Criciúma

Requerimentos, indicações, moções, projetos de lei. Em breve, todos esses importantes documentos que tramitam no Legislativo de Criciúma serão 100% eletrônicos. E para que o novo sistema seja implantado, os vereadores e servidores da Casa passam nesta semana por uma capacitação. Esse será o resultado de um projeto de modernização do sistema de acompanhamento do processo legislativo, que vai acabar com o uso do papel na Câmara de Vereadores de Criciúma.

O presidente do Legislativo, vereador Miri Dagostim (PP), explica que todos os documentos serão propostos exclusivamente por meio do Sistema Eletrônico. “O trabalho vai oferecer mais transparência aos atos do Poder Legislativo, o que vai proporcionar economia e sustentabilidade”, contou o presidente.

O instrumento vai permitir que todas as proposituras sigam um padrão determinado pela Casa, para que não haja diferença quanto a parte técnica, gerando, assim, uma uniformização, melhoria e otimização de todos os trabalhos legislativos.

O Projeto Legislativo Digital para substituição aos documentos físicos existentes também facilitará o acesso da população aos projetos e proposições, e os vereadores poderão assinar documentos onde estiverem, unificando os procedimentos.

“A ideia é transformar em processo digital tudo que tem no papel, que se referem às proposições, requerimentos e indicações do Legislativo, sem necessidade alguma do uso de folhas”, pontuou o servidor de carreira Henrique Sabino.

“O cidadão vai poder ter acesso digital a todos os documentos originais da Casa, atas de Comissões e todos os processos que darão transparência ainda mais aos atos do Legislativo”, finalizou. A nova ferramenta será implantada dentro do sistema do Legislativo dando mais celeridade aos processos. Funcionários do Executivo também estão passando por capacitação para facilitar ainda mais os trâmites entre Executivo e Legislativo.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Vacinação contra Covid prosseguirá neste sábado em Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

A Secretaria de Saúde de Criciúma vai dar continuidade à vacinação contra covid-19 neste sábado (6). As 1.140 doses que chegaram na última quinta-feira (4), vindas do Governo do Estado, estão sendo aplicadas em idosos acima de 82 anos e profissionais da saúde acima de 30 anos, ou com comorbidades, independente de idade.

A vacina foi aplicada conforme agendamento, para profissionais de saúde, e cadastramento no site www.minhavacina.criciuma.sc.gov.br,  para idosos acima de 82 anos. Ainda não há informações sobre a chegada de novos lotes.

Carros de Som para conscientizar

Pelo segundo final de semana consecutivo, carros de som irão percorrer os principais bairros de Criciúma com informações e alertas sobre os cuidados necessários para evitar a contaminação e disseminação do coronavírus. Além da equipe do Governo Municipal, o comboio conta a participação Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), equipe Multi-institucional e Cruz Vermelha.

Continue Lendo

Geral

Fim de semana de novo lockdown em Santa Catarina

Publicado

em

Ouça esta matéria

A exemplo do que aconteceu na semana passada, este fim de semana também será de Lockdown de Santa Catarina. A medida decretada pelo Governo do Estado tenta barrar o avanço de casos ativos de Covid-19, que colocam Santa Catarina neste momento em uma condição crítica. O critério segue o mesmo modelo da última semana e veta todos os serviços não essenciais. Confira o que não funciona neste fim de semana:

Os serviços

– Comércio de rua, excetuado o comércio essencial;

– Shopping centers, centros comerciais, galerias;

– Academias, centros de treinamento, salões de beleza, barbearias, cinemas e teatros;

– Shows e espetáculos;

– Bares, pubs, beach clubs, cafés, pizzarias, casas de chás, casas de sucos, lanchonetes e restaurantes;

– Parques temáticos, parques aquáticos e zoológicos;

– Circos e museus;

– Feiras, exposições e inaugurações;

– Congressos, palestras e seminários;

– Utilização de piscinas de uso coletivo, clubes sociais e esportivos e quadras esportivas;

– Agências bancárias, correspondentes bancários, lotéricas 
e cooperativas de crédito;

– Os eventos, inclusive na modalidade drive-in, e as reuniões de qualquer natureza, de caráter público ou privado, incluídos excursões, cursos presenciais, missas e cultos religiosos;

– Os serviços públicos considerados não essenciais, em âmbito municipal, estadual ou federal, que não puderem ser realizados por meio digital 
ou mediante trabalho remoto;

– A concentração, a circulação e a permanência de pessoas em parques, praças e praias;

– O calendário de eventos esportivos organizados pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte);

– Salões de festas e demais espaços de uso coletivo em condomínios e prédios privados.

Fica proibida ainda a aglomeração de pessoas em qualquer ambiente, seja interno ou externo, em cumprimento às regras sanitárias emitidas pela Secretaria 
de Estado da Saúde (SES).

Tele-entrega

A comercialização de alimentos e bebidas por bares, cafés, restaurantes e similares somente pode funcionar no sistema de tele-entrega ou retirada no estabelecimento. As atividades econômicas que não estão englobadas no decreto, como indústrias, podem funcionar, seguindo todos os protocolos sanitários estabelecidos.

Vale destacar que os municípios catarinenses poderão estabelecer medidas específicas de enfrentamento mais restritivas do que as previstas no Decreto, a fim de conter a contaminação e a propagação do Covid-19 em seus territórios.

Continue Lendo

Geral

Plataforma de Inovação será lançada na segunda-feira

Publicado

em

Ouça esta matéria

Na próxima segunda-feira (08/03) as Instituições Comunitárias de Santa Catarina lançam uma plataforma que fará a integração, compartilhar projetos de pesquisa e inovação. O projeto Movimento Acafe será lançado virtualmente, devido os cuidados com a pandemia, às 11h.

A proposta do projeto é organizar, implantar e caracterizar a Plataforma de Inovação das Instituições Comunitárias de Santa Catarina como um ambiente dedicado para a integração, apoio, prospecção e potencialização de ações e competências entre as Instituições de Ensino Superior (IES) do sistema das Associação Catarinense das Fundações Educacionais (ACAFE). A proposta deve envolver o setor empresarial e o setor público de Santa Catarina.

Segundo o professor Márcio Fiori, que ir apresentar a plataforma digital, a ideia é promover projetos transversais. Onde se possa compartilhar programas de mestrado e doutorado. O projeto que está sendo desenvolvido em conjunto entre a ACAFE e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e tem apoio do Ministério da Ciência e Tecnologia do Brasil, é considerado piloto. “Ele é chamado de fase zero. Mas já estamos com a fase 1 bem avançada para iniciar”, destaca Fiori.

O lançamento do projeto pode ser acompanhado no link, e tem previsão de uma hora de evento. “A plataforma dará apoio na promoção da região em que a Unibave está inserida”, comentou o reitor da Centro Educacional Barriga Verde (Unibave), Guilherme Valente de Souza.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com