Conecte-se conosco

Geral

Governo do Estado registra crescimento na doação de órgãos no primeiro semestre de 2020

Publicado

em

Criciúma

O Dia Nacional da Doação de Órgãos e Tecidos é comemorado em 27 de setembro, mas todo o mês é dedicado ao incentivo e conscientização da importância da doação de órgãos, denominado Setembro Verde. No primeiro semestre de 2020, mesmo com a situação de emergência em saúde pública devido à pandemia da Covid-19, o Sistema Estadual de Transplantes (SC Transplantes) registrou 145 doações efetivas de múltiplos órgãos e tecidos, acima do mesmo período no ano anterior, quando houve 137 doações.

Segundo dados da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), Santa Catarina está em segundo lugar em doações de órgãos no primeiro semestre deste ano, atrás apenas do Paraná. O Estado atingiu o índice de 40,5 doações de órgãos efetivas por milhão de população (pmp), sendo que a média nacional foi de 15,8 pmp.

De acordo com o coordenador do SC Transplantes, o médico Joel de Andrade, foi um começo de ano muito positivo, antes da pandemia, com 79 doações de múltiplos órgãos e tecidos de janeiro a março, seis a mais que no mesmo período no ano anterior. “Terminamos junho com oito doações a mais que no ano anterior no mesmo período. Mas veio julho e agosto nos colocando com quatro doações a menos que em 2019”, explica Andrade.

O número de doações de órgãos e tecidos no estado de janeiro a agosto deste ano (189) teve uma pequena queda em relação ao mesmo período de 2019 (193).

Transplantes

O transplante de órgãos e tecidos, entre janeiro e março de 2020, chegou a 345 procedimentos. Com os meses de abril a agosto, alcançou 624 transplantes. Deste total, 380 foram de córneas e 244 de órgãos (rim, fígado, coração e rim/pâncreas). Já em 2019, foram realizados 304 transplantes de órgãos e tecidos entre janeiro e março, 41 a menos que neste ano. Mas até agosto, chegou a 665 procedimentos.

“A primeira coisa que tem que ser explicada é que os números têm relação com a proibição do Ministério da Saúde em fazer transplantes de córneas. Como mais da metade dos transplantes feitos são de córneas, esses procedimentos foram perdidos, não tem como recuperar. No entanto, os transplantes de órgãos que se mantiveram ativos tiveram uma discretíssima redução com relação ao ano passado”, ressalta Andrade.

Segundo pesquisa realizada pela ABTO no primeiro semestre de 2020, Santa Catarina está em segundo lugar da lista em transplantes renais com uma média de 40,8 pmp, atrás apenas do Paraná, com 45,7 pmp, sendo que a média nacional é de 23 pmp.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Unesc comemora resultados do Enade

Publicado

em

Criciúma

Mais uma vez a Unesc pode comemorar os resultados obtidos pelos seus cursos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Nesta semana a Instituição recebeu os dados da avaliação realizada em 2019 e teve todos os cursos participantes em destaque em âmbito regional.

O ensino da Unesc foi representado na prova pelos acadêmicos concluintes dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Farmácia, Fisioterapia, Medicina, Nutrição e Odontologia.

Entre os destaques da Universidade que alcançaram nota 4 na máxima de 5 estiveram os cursos de Biomedicina, Educação Física Bacharelado e Engenharia Civil.

Conforme o diretor de Ensino de Graduação da Unesc, Marcelo Feldhaus, o assunto foi recebido com orgulho pela Instituição. “Tivemos um significativo destaque regional no Exame. Isso nos deixa muito satisfeitos e com ainda mais entusiasmo para continuarmos com foco na excelência do ensino”, comenta.

Tal reconhecimento, na visão da pró-reitora Acadêmica da Instituição, Indianara Reynaud Toretti, representa a força de um dos grandes alicerces da Universidade. “Nosso trabalho, que se divide em ensino, pesquisa e extensão, sem deixar de lado a inovação, é recompensado e fortalecido com resultados como esse. Os desafios são grandes, mas não maiores que a capacidade de reinvenção e superação de uma grande Universidade como a Unesc”, completa.

O Enade é um dos métodos utilizados pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES) para avaliar o desempenho das faculdades e das universidades de todo o país.

Continue Lendo

Geral

Volta às aulas vai ganhar novo ritmo em Criciúma

Publicado

em

Criciúma

Com a melhora no cenário de combate a Covid-19 na região, que entrou hoje na Bandeira Amarela, o ritmo de volta às aulas em Criciúma deve mudar. Desde a quarta-feira os alunos com dificuldades no aprendizado na plataforma Online estão sendo levados à sala de aula para períodos de reforço. A ação vai se manter, mas com um volume maior de estudantes.

“A partir de terça-feira vamos começar o escalonamento dos alunos de 5º e 9º ano. Desta forma vamos conseguir atender um número de alunos maior nessas séries conforme a metragem de cada unidade e vai ser assim até atingirmos todas as etapas de ensino. A educação infantil também volta na semana que vem. Vamos focar na recuperação de conteúdos”, explica a Secretária de Educação Cristiane Uliana Fretta.

Continue Lendo

Geral

Centros Infantis de Educação da Afasc preparam retorno às atividades.

Publicado

em

Criciúma

As unidades escolares aguardam considerações do Comitê de Gerenciamento.

Os 35 Centros de Educação Infantil (CEI) da Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc) já estão com seus Planos de Contingência prontos. A partir de agora apenas aguardam apreciação do Comitê de Gerenciamento para retomada das atividades. As unidades vão seguir o Plano Municipal de Contingência e a matriz de risco apresentada pelo Estado, por meio da Central de Operações de Emergência em Saúde (COES).

A associação, através do Departamento de Educação Infantil (DEI), já realizou os protocolos pedidos pela comissão. A partir da próxima terça-feira (27), cada um dos planos passará pela primeira análise do comitê, para posterior aprovação.

“Nossa instituição está trabalhando firme para reabrimos nossas unidades escolares e receber nossas crianças com todo carinho e dedicação de sempre.” Frisou Adriano Boaroli, diretor executivo da Afasc. 

Continue Lendo

Mais vistos