Conecte-se conosco

Geral

Luciane Ceretta é reeleita com votação histórica na Unesc

Publicado

em

Ouça esta matéria

Com uma votação recorde, a professora doutora Luciane Bisognin Ceretta e o professor doutor Daniel Preve, serão reconduzidos aos cargos de reitora e vice-reitor da Unesc para os próximos quatro anos. A Chapa 1 – “A Unesc que supera e se reinventa”, foi eleita com 97% dos votos válidos, o que significa 8.786 votos, um número histórico na Universidade. A eleição mobilizou 9.065 votantes dos 11.740 eleitores aptos e foi marcada pelo uso da tecnologia para contemplar alunos, professores e colaboradores em um momento de pandemia.

A Unesc é a única universidade de Santa Catarina que possibilita voto universal, direto e secreto para a Reitoria. As eleições em 2021 superaram as de 2017 em número de participantes. Na época, Luciane e Preve receberam 6.544 votos, tendo a eleição mobilizado 7.222 votantes.

A votação ocorreu das 8 às 22 horas desta quinta-feira (10/6), e foi, pela primeira vez, realizada de maneira híbrida. Seguindo os protocolos de biossegurança, a comunidade acadêmica pode optar pelo voto de maneira presencial, em uma das 13 urnas no campus, no Parque Científico e Tecnológico (Iparque) e Hospital São José, ou pelo voto online, por meio de um sistema específico para o processo eleitoral. O uso de dispositivos móveis ou computadores para acessar a votação online foi a escolha de 95% dos eleitores.

A coordenadora da campanha da Chapa 1, Indianara Reynaud Toreti, ressalta que o processo eleitoral foi marcado pelo engajamento de toda a comunidade acadêmica, que se mostrou comprometida com a universidade. “Foi um processo lindo, reflexo de um trabalho coletivo, de muito amor e comprometimento pela Unesc. Foi um período de uma intensa discussão do projeto de uma universidade comunitária, de como a comunidade acadêmica enxerga a Universidade hoje e como projeta a Unesc para o futuro”.  

A posse dos eleitos ocorrerá em 30 de junho de 2021. Antecederam a professora no cargo máximo da gestão universitária os professores Gildo Volpato, Edson Rodrigues e Antônio Milioli Filho (in memoriam).  

Resultado surpreendente e que legitima o projeto

Para Luciane, o resultado das eleições surpreendeu, especialmente em função do momento pandêmico vivenciado. Aliás, para ela, o maior desafio dos quatro anos de gestão foi o enfrentamento da pandemia e a reinvenção necessária para que a universidade atravessasse o período fortalecida e cuidando das pessoas. “Um resultado surpreendente, não imaginado. Agradeço a comunidade acadêmica que reconheceu o trabalho de uma equipe fantástica. Esse resultado é das pessoas desta universidade e desta cidade. A democracia se fez presente neste processo eleitoral. Foram quatro anos de intenso trabalho, muita dedicação e grande compromisso cotidiano. O resultado reflete esse movimento de superação e ressignificação”, afirma.

A reitora expressou gratidão a todos que estiveram juntos na caminhada da gestão e aos gestores que os antecederam e possibilitaram que fosse dado continuidade ao trabalho iniciado há quase 53 anos. “Agora o sentimento que me acompanha é de um grande compromisso com a comunidade acadêmica e com a comunidade externa. Este é um momento que referenda a democracia que todos defendemos e que também é uma marca da nossa universidade comunitária. Ela é um espaço de ideias, de diferenças e de projetos de convergência”, afirma a reitora reeleita. “Esse resultado é de cada estudante, técnico administrativo e professor que coloca aqui seus melhores dias e seus projetos de vida e felicidade e que em tempos tão desafiadores como os que vivemos, soube superar, se reinventar e se unir em prol do fortalecimento de uma grande universidade. Este é um momento que certifica uma trajetória e que desenha um futuro que tem o compromisso com a sustentabilidade da instituição”, reforça.

Para Preve, o resultado legitima o projeto já desenvolvido e credencia a gestão a dar continuidade ao trabalho, baseado no diálogo constante da Reitoria com as comunidades interna e externa e em uma gestão comprometida e transparente. “O sentimento é de gratidão pelo reconhecimento do trabalho realizado ao longo de quatro anos e pela parceria que tivemos de alunos, professores e funcionários para que conseguíssemos fazer a universidade cada vez mais forte”, afirma

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Criciúma registra mais quatro morte por Coronavírus

Publicado

em

Ouça esta matéria

A Vigilância Epidemiológica de Criciúma confirmou neste sábado mais quatro mortes em decorrência do novo coronavírus. Agora são 552 mortes desde o início da pandemia. A cidade tem ainda outros 996 casos ativos e 197 pessoas internadas.

As mortes confirmadas hoje são de quatro homens. Eles tinham 47, 51, 52 e 61, anos. Também foi confirmada a morte de uma mulher de 55 anos.

Continue Lendo

Geral

Prefeito de Siderópolis recebe primeira dose contra a Covid-19

Publicado

em

Ouça esta matéria

Aos 47 anos, o prefeito de Siderópolis Franqui Salvaro recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19.. O município iniciou neste sábado, dia 19, a imunização das pessoas acima de 45 anos sem comorbidades.

“Gratidão, esperança e emoção, foi o que senti neste momento, ao ter a oportunidade de receber a vacina. A caminho da UBS fui imaginando os meus familiares, amigos e todos que partiram e não tiveram a mesma oportunidade de proteger-se deste vírus cruel”, disse o prefeito. 

“Também quero agradecer os profissionais da Unidade de Saúde da Vila São Jorge, onde recebi a dose e a todos os profissionais desta área que seguem trabalhando sem medir esforços para a imunização de todos”, concluiu. 

Continue Lendo

Geral

Treviso adota novas restrições de prevenção e enfrentamento à pandemia de Covid-19

Publicado

em

Ouça esta matéria

Diante do aumento de casos de Covid-19 em Treviso e da possibilidade de uma terceira onda da doença no país, a Administração Municipal publicou na manhã desta sexta-feira, dia 18, o decreto nº 328/2021 com novas medidas de enfrentamento à pandemia. As normas foram definidas pela Comissão Integrada de Avaliação e Monitoramento da Covid-19 e têm validade até 2 de julho.

Entre as medidas, o decreto prevê o uso obrigatório de máscara, inclusive ao ar livre, proibição de aglomeração, novas regras para estabelecimentos comerciais e as penalidades em casos de descumprimento.

Orientações aos comerciantes

Ao longo do dia, as equipes da Vigilância Sanitária e Epidemiológica orientaram os comerciantes sobre as novas regras previstas no decreto Municipal e Estadual.

Fiscalização e denúncias

As determinações estabelecidas nos decretos podem ser fiscalizadas pelo Município, através da Vigilância Sanitária, agentes de Defesa Civil e agentes de Fiscalização Municipal e Estadual.

As denúncias podem ser realizadas através do disque 190 da Polícia Militar, para a Defesa Civil no telefone 99645-8615 ou à Vigilância Sanitária nos números 3469-0150 e 3469-0500.

Secretaria reforça a necessidade da vacinação

A vacina é uma ferramenta importante para conter a pandemia, no entanto, a Secretaria de Saúde alerta para a baixa procura pelo imunizante. “Só a imunização e o cuidados podem amenizar a situação que estamos vivendo. Pedimos que cada um faça a sua parte”, comentou a secretária Luciane Possoli.

A secretária ainda frisa que todas as vacinas são eficazes contra o Coronavírus. “Se a pessoa tem a oportunidade, deve se vacinar. Todas as vacinas auxiliam na diminuição da circulação do vírus e do agravamento dos sintomas da Covid-19”, explicou.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com