Conecte-se conosco

Geral

Murialdo quer reeditar projeto da rodovia Leste/Oeste

Publicado

em

Prefeito Murialdo Gastaldon está cumprindo roteiro em Brasília. Tenta acelerar junto aos parlamentares do Estado a inclusão de um projeto no orçamento do Governo Federal. A proposta em questão é uma reedição de um projeto do Prefeito Clésio Salvaro, a chamada Rota Leste Oeste.

“Estamos tentando incluir no orçamento do Ministério do Turismo. É um projeto para pavimentar a ligação entre Içara e Criciúma. Projeto que vai criar uma rota de desenvolvimento econômico na cidade e uma alternativa de mobilidade e ligação entre os dois municípios”, comenta o prefeito.

A intenção é fazer pavimentando as margens da estrada que já circunda a ferrovia. “O Trecho entre Esperança onde será erguido o Condomínio industrial Luiz Henrique e a Colmeia industrial de Criciúma”.

Geral

CASAN orienta moradores de Criciúma sobre obras de esgotamento sanitário

Publicado

em

Criciúma

Obedecendo os protocolos de segurança para controle da disseminação da Covid-19, a CASAN autorizou a visitação de moradores do bairro São Luiz e da Grande Próspera para orientação sobre as obras de esgoto em andamento.

O trabalho integra os projetos socioambientais de ampliação da cobertura de coleta e tratamento na cidade.

No São Luiz o diálogo com a comunidade será realizado pela Assistente Social, Uliana Gageiro Mendonça. A profissional estará devidamente identificada com crachá e colete verde que contém o nome da empresa Painel Pesquisas, contratada pela CASAN para execução dos serviços.

Na região da Grande Próspera a visitação está sob responsabilidade da assistente social Rosilda Patrício Lima, que também trabalha devidamente identificada. “Mesmo com as dificuldades expostas devido à pandemia do novo coronavírus estamos conseguindo levar as orientações para os moradores com a entrega de uma cartilha que mostra os benefícios do tratamento de esgoto”, ressalta a assistente social Rosilda Patrício Lima.

As visitas domiciliares têm o objetivo de levar aos moradores informações sobre os benefícios socioeconômicos que a coleta e o tratamento de esgotos trarão para a comunidade e a cidade de Criciúma.

As profissionais também estão preparadas para sanar dúvidas sobre o momento adequado da ligação dos imóveis à rede, sobre o pagamento do serviço quando os sistemas entrarem em operação ou outras dúvidas.

Com as obras no São Luiz e na Próspera Criciúma vai passar a 45% de cobertura com coleta e tratamento de esgoto, um importante investimento em saúde pública.

Continue Lendo

Geral

Urussanga e Lauro Müller também registram mortes por Coronavírus

Publicado

em

Criciúma

Além de Criciúma outras duas cidades da Amrec também registraram mortes por Coronavírus nesta quarta-feira. Os casos foram registrados em Urussanga e na cidade de Lauro Müller. Em Urussanga a vítima foi um homem de 61 anos, com comorbidades, internado no hospital Nossa Senhora da Conceição, em Urussanga, desde o dia 19 de novembro. Foi a 18ª morte na cidade deste o início da pandemia.

Em Lauro Müller, a Vigilância Epidemiológica confirmou a morte de um homem de 82 anos. Portador de comorbidades ele estava internado em leio de UTI. Agora são 12 as mortes na cidade. Com os dados de Urussanga, Lauro Müller e Criciúma a Amrec fechou a quarta-feira com quatro mortes provocadas pela Covid-19

Continue Lendo

Geral

“Não pretendemos fechar nada, mas é preciso colaboração”, afirma Salvaro

Publicado

em

Criciúma

Prefeito de Criciúma Clésio Salvaro voltou a garantir, durante uma transmissão feita pelas redes sociais, que não pretende promover o fechamento de qualquer atividade econômica. “Se depender de mim não vai ter lockdown, não vai ter fechamento. Só que se você quiser passar o natal com a família, passar o réveillon com a família, vai ter que se cuidar. As pessoas não estão pegando o Covid no local de trabalho. Estão pegando nas baladas, nas festas, nos restaurantes. Temos que trabalhar, repito que não haverá fechamento”.

Prefeito também lembrou que a entrada na bandeira vermelha obriga novas restrições como a redução do percentual de ocupação de estabelecimentos comerciais, templos religiosos entre, além de outras medidas. Mas Salvaro alertou que não adianta baixar decreto sem a colaboração. “Pode chamar a marinha, o exército, pode chamar qualquer um. Se não houver colaboração da população não tem jeito, não vamos virar o jogo”.

Já o Secretário Acélio Casagrande lembrou que o município tem feito tudo que está ao seu alcance e que nos próximos dias vai seguir reforçando a testagem. “Vamos usar o teste com o antígeno e ampliar a conscientização. Seguimos com o hospital do Rio Maina ativo e com os hospitais também fazendo a sua parte. Se fala muito em ampliar o número de leitos, mas não há equipe para isso”, adverte.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2020 sulnoticias.com