Conecte-se conosco

Geral

Obras do Binário avançam e avenida Santos Dumond tem novo ponto de interrupção no trânsito

Publicado

em

Ouça esta matéria

Criciúma

As obras de implantação do Sistema Binário, no bairro São Luiz, em Criciúma, avançam e nova frente de trabalho deve iniciar na próxima terça-feira (24). Para que isso aconteça o trânsito será desviado em mais um trecho da Avenida Santos Dumond, dessa vez entre os cruzamentos das ruas Nilo Peçanha e Afonso Pena. O trecho em obras e os desvios necessários ao trânsito estarão devidamente sinalizados, mesmo assim, a Diretoria de Trânsito e Transportes (DTT) de Criciúma, estará dando suporte, sobretudo ao desvio do trânsito pesado que necessita chegar a uma indústria de alimentos localizada no bairro.

“Estaremos com equipe na madrugada indicando os desvios para evitar transtornos, principalmente dos caminhões pesados que chegam à indústria”, destacou o gerente de Operações da DTT de Criciúma, Paulo Borges. Segundo ele, “os automóveis e caminhões de menor peso devem ficar atentos à sinalização ou, se possível, buscar rotas alternativas”.

Desvio para caminhões

Mesmo com toda sinalização, o gerente acrescenta que os desvios para caminhões pesados devem ser feitos pela rodovia Luiz Rosso, entrando na rua Júlio de Castilho e seguindo até a rua Nilo Peçanha.

Para àqueles com peso inferior a 10 toneladas, existem desvios específicos. Vindo do Pinheirinho, o trajeto deve ser rua Visconde de Cairú, Domênico Sônego, Artur Bernandes até a Nilo Peçanha. Vindo da Próspera, a rota é rua Joaquim Nabuco, Mem de Sá, Domenico Sônego e Visconde de Cairú.

Proibido estacionar e parar na rua Júlio de Castilho

Para que os desvios possam suprir a necessidade do trânsito, será proibido estacionamento em ambos os lados da rua Júlio de Castilho. A proibição iniciará na próxima segunda-feira (23) e também terá acompanhamento da DTT.

Obras do Binário

O investimento para promover as melhorias é de R$ 32.433.128,48. O recurso foi garantido por meio de operação de crédito externo firmada junto ao Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata), no valor de US$ 17,2 milhões.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Morro da Fumaça adere a campanha “Vacina Contra a Fome”

Publicado

em

Ouça esta matéria

Ser imunizado e ainda ter a oportunidade de ajudar aqueles que sofrem os impactos da pandemia, tudo de uma só vez. Isso será possível em Morro da Fumaça através da campanha “Vacina Contra a Fome”. A iniciativa é da Federação Catarinense dos Municípios que foi aderida pelo Governo Municipal por meio da Secretaria do Sistema de Saúde e Desenvolvimento Social. “A doação não é obrigatória, mas acreditamos que muitas pessoas irão participar, pois os fumacenses são pessoas solidárias e gostam de ajudar o próximo. Para doar é fácil. Basta levar um dos alimentos que fazem parte da cesta básica até o local de vacinação. Salientamos que aqueles que não fazem parte do público alvo da vacinação que quiserem doar também podem. É só ir ao local e fazer a entrega do alimento. “, destaca a secretária de Saúde, Marijane Felippe.

A partir das próximas vacinações, integrantes do Departamento de Desenvolvimento Social estarão no local para receber os alimentos. Também caberá ao departamento fazê-los chegar às famílias necessitadas. “Infelizmente, muitas pessoas sofrem o impacto da pandemia e estes alimentos virão para ajudá-las neste momento difícil”, fala a diretora do Desenvolvimento Social, Saionara Freitas.

Em Morro da Fumaça, a vacinação está sendo realizada em formato drive-thru em estrutura montada na Rua Prefeito Paulino Bif, em frente ao Ginásio de Esportes Jorge Silva. “É importante que as pessoas fiquem atentas às redes sociais oficiais do Município e aos veículos de comunicação para não perder a sua vez de se vacinar”, completa Marijane.

Continue Lendo

Geral

Mais quatro mortes por Covid confirmadas em Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

Vigilância Epidemiológica confirmou nesta sexta-feira mais quatro mortes provocadas pelo coronavírus na cidade. Agora o município soma 389 óbitos desde o início da pandemia.

As vítimas confirmadas hoje são dois homens com 34 e 66 anos e duas mulheres de 47 e 65 anos. Os quatro estavam internados para o tratamento da Covid-19 e não resistiram as complicações provocadas pela doença.

Continue Lendo

Geral

Criciúma recebe mais 4,4 mil doses e vai iniciar vacinação em idosos acima de 64 anos

Publicado

em

Ouça esta matéria

Criciúma recebeu mais 4.460 doses da vacina contra Covid-19 e inicia, ainda nesta sexta-feira (16), a vacinação em idosos acima de 64 anos, além de dar continuidade à imunização em profissionais de saúde e de forças de segurança, previamente definidos por cada corporação. A vacinação será feita em todas as 49 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que possuem sala de vacina e também no ponto montado no pátio do estádio Heriberto Hulse, do Criciúma Esporte Clube.

De maneira geral a aplicação das doses será feita nesta sexta até à noite e, se for necessário, também durante o sábado. Especificamente no campo do Criciúma, até às 16h, segue a vacinação da segunda dose que já estava prevista e, depois deste horário, inicia a vacinação da primeira dose do lote recebido pelo Município. Importante destacar que a vacinação segue sendo feita por agendamento conforme cadastro no portal minhavacina.criciuma.sc.gov.br.

“Estamos avançando em nosso plano de vacinação e felizmente quase 35 mil pessoas já foram imunizadas. Pedimos que quem fez o cadastro fique atento ao chamado e agendamento para que possamos evoluir cada vez mais e pelo menos amenizar os problemas causados pela pandemia”, afirmou o secretário de Saúde, Acélio Casagrande.

Doação de alimentos

Em parceria, as secretarias municipais de Saúde e Assistência Social, aderiram à campanha da Federação Catarinense de Municípios (Fecam) “Vacina contra a Fome”, e estão recebendo alimentos da cesta básica que podem ser levados pelas pessoas chamadas para imunização. A iniciativa tem o objetivo de arrecadar esses mantimentos e distribuir às famílias que tiveram sua renda afetada pela pandemia. A entrega da doação pode ser feita no mesmo local de vacinação.

Cadastro obrigatório

Para receber a vacina em Criciúma as pessoas devem estar cadastradas no portal www.minhavacina.criciuma.sc.gov.br. A página fornece inúmeras informações sobre a pandemia, incluindo espaço para conversa online com profissionais e canal de denúncias. O espaço também fornece dados atualizados sobre a quantidade e grupos que já receberam a imunização.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2021 sulnoticias.com