Conecte-se conosco

Geral

Plano de Mobilidade Urbana: nova pesquisa voltada para o sistema cicloviário inicia em Criciúma

Publicado

em

Ouça esta matéria

Mais uma pesquisa do Plano de Mobilidade Urbana está disponível para a população criciumense. Desta vez, é voltada para os moradores que utilizam bicicleta e a rede cicloviária da cidade. A pesquisa está disponível em um formulário online por meio do link: http://bit.ly/3OH33vb e segue até o dia 1º de dezembro.

O formulário visa saber a opinião do morador sobre a quantidade de ciclovias, qualidade das ciclovias, o tempo de viagem, sensação de segurança e a avaliação geral do sistema cicloviário do município. A pesquisa está sendo realizada pela Secretaria de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, por meio da empresa contratada Consultran.

“O objetivo desse estudo é abordar o morador e visitante de Criciúma que utiliza a bicicleta como um meio para se locomover pela cidade, seja para trabalhar, estudar, fazer compras ou só por lazer, para, no final, podermos propor medidas que visam melhorar a rede cicloviária do município”, frisou o engenheiro civil da empresa Consultran, Rodolfo Koch Wetter.

No fim da pesquisa, tem um campo aberto para críticas e sugestões sobre o sistema cicloviário da cidade.

Plano de Mobilidade Urbana

O Plano de Mobilidade Urbana visa realizar um estudo completo de todos os modais da cidade. O estudo conta com pesquisas e levantamentos, análise de dados, elaboração de mapas temáticos e elaboração de planos de ações. As propostas devem abranger planos de ação de curto prazo, para implementação até em 2030, médio prazo, para implementação até 2040 e longo prazo, para 2050.

O plano terá uma ênfase também na malha cicloviária e no escoamento de cargas, além de melhorar a circulação dos moradores nos ambientes urbanos.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

Famílias do bairro Renascer recebem autorização para efetuar a ligação de energia elétrica

Publicado

em

Ouça esta matéria

A Secretaria de Assistência Social e Habitação de Criciúma entregou para 44 famílias do bairro Renascer a autorização de ligação de energia elétrica. A ação ocorreu na última segunda-feira (21), com a entrega para os moradores. As residências faziam parte da operação da Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) que realizou cortes de ligações clandestinas de energia elétrica, no último mês.

Na época, foram 129 famílias que estavam nesta situação, porém conforme o secretário municipal de Assistência Social e Habitação, Bruno Ferreira, destas, 55 residências estavam em uma área regularizada, na Cohab, e poderiam somente pedir a ligação. “O restante das famílias mora em áreas públicas, e, portanto, não possui regularização, o que impede a ligação da energia elétrica. Mas agora, depois de um trabalho de 15 dias de recolhimento de documentos, os moradores têm em mãos a autorização para solicitar junto a Celesc e comprar o poste padrão”, explica.

O responsável pela pasta ainda frisa que após a operação da companhia, a Prefeitura de Criciúma realizou uma reunião com os setores municipais envolvidos para chegar em uma solução. “Após isso, realizamos um trabalho in loco com as famílias, conversamos com elas e recolhemos a documentação. Eram 74 famílias morando em uma área pública, destas 44 entregaram a documentação e já estão com a autorização em mãos”, falou.

“A secretaria procurou por todas as famílias, porém algumas não estavam em casa, mas ainda podem solicitar a autorização”, completou. As 30 famílias que ainda não possuem o documento de autorização e tiverem interesse podem procurar pela Secretaria Municipal de Assistência Social, que fica no Paço Municipal Marcos Rovaris e atende das 8h às 17h, sem fechar ao meio dia.

Continue Lendo

Geral

Magia de Natal chega ao Balneário Rincão

Publicado

em

Ouça esta matéria

A prefeitura municipal de Balneário Rincão já entrou em clima de Natal e prepara a chegada do Papai Noel para sexta-feira, dia 25, na Avenida Leoberto Leal, com o acender das luzes de Natal da Avenida e principais acessos da cidade.

“Organizamos a chegada do Papai Noel e várias apresentações para tornar a noite mais especial. Os principais acessos da cidade e a Avenida Leoberto Leal ganharam uma iluminação para o Natal e serão acesas na sexta-feira”, destaca o diretor de turismo, Fernando Casagrande.

Este ano, a chegada do Papai Noel terá um brilho extra. Os alunos participam do 4º Rincão em Dança. As apresentações serão com temas natalinos.

“O objetivo do evento é representar através da dança a expressão do trabalho desenvolvido com nossos alunos, seja no ambiente escolar ou nos projetos sociais do município, além de incentivar a troca de experiência entre os grupos e contribuir para a educação integral de nossas crianças, jovens e adultos”, enfatiza a secretária de Educação e Assistência Social, Jucilene Fernandes.

A programação começa às 19h com a Fanfarra da Escola Arroio Rincão. As apresentações começam às 19h15, com o CEI Sonho Infantil e Cantinho do Rincão, Escola Amélia Souza Silva, CEI Peixinho Dourado e Navegando no Saber. Às 20h30, o bom velhinho chega na cidade, com sua simpatia e muitos doces. Após, as apresentações continuam com as escolas José Réus e CEI Mundo Mágico, CEI Balanço das Ondas e Pequena Sereia, a Escola Arroio Rincão finaliza as apresentações do 4º Rincão em Dança. As Ladies também se apresentaram.

Continue Lendo

Geral

Forquilhinha: Moradores do bairro Cidade Alta conhecem projeto de desassoreamento do Rio Sangão

Publicado

em

Ouça esta matéria

Os moradores do bairro Cidade Alta, em Forquilhinha, participaram de uma reunião na última segunda-feira, dia 22, de apresentação do projeto conceitual de desassoreamento do Rio Sangão, no Centro Comunitário. O encontro contou com a participação da comunidade e lideranças e também de moradores do bairro Sangão, de Criciúma. A obra de dragagem terá um investimento de R$ 7 milhões de reais, num prazo de seis meses para a execução.

O engenheiro ambiental Ademar Savi Filho, da empresa Asavi Engenharia, fez a apresentação de projeto desenvolvido entre os meses de julho a setembro, encaminhado e protocolado no Instituto do Meio Ambiente (IMA), em 30 de setembro. “O projeto prevê a dragagem com escavadeira hidráulica com a retirada de aproximadamente 1,5 metros de sedimentos, em 8,4 quilômetros de extensão. O volume total deverá chegar a 203 mil metros cúbicos a serem extraídos do Rio Sangão. Para a caracterização da área e as definições de projeto, foi realizado um diagnóstico geral incluindo a caracterização dos solos, do clima, fauna e da flora, os aspectos sociais e ambientais envolvendo também a análise dos dados hidrológicos e hidráulicos do rio (características químicas das águas e dos sedimentos a serem extraídos, além das medições relacionadas aos níveis reais das últimas enchentes ocorridas no período de elaboração do projeto). Percorremos algumas vezes o rio de barco, também às margens para apontarmos quais os pontos eram possíveis limpar por cima do rio, onde não tem vegetação mais expressiva. Além de averiguarmos aqueles pontos para correr com os equipamentos por dentro do rio para a realização da dragagem. Foram propostos sete pontos onde o material será colocado para secar e depois fazer a destinação correta conforme exige os órgãos ambientais”, comentou.

O prefeito José Cláudio Gonçalves, o Neguinho pontou a preocupação em iniciar o projeto de desassoreamento do Rio Sangão. “No início do ano percorremos de helicóptero e de bote o que possibilitou identificarmos a quantidade de ilhas, de erosão e a quantidade de lixo depositado no rio. Será necessário realizar um trabalho de conscientização das comunidades sobre a preservação do meio ambiente e a sustentabilidade. Mas precisamos ter a responsabilidade de lançar uma obra histórica, necessária, e que mexe com a vida das pessoas e o bem-estar das famílias com dinheiro garantido. Assim que o projeto for aprovado pelo IMA iniciamos os trabalhos de desassoreamento. Também temos o aval do Promotor Público Federal e a obra irá sair do papel com ou sem recurso do governo do Estado. Em nosso projeto iremos limpar o trecho de Criciúma e já estive conversando com o prefeito Clésio Salvaro sobre uma medida compensatória ao município. O importante que iremos resolver uma situação história, de calamidade pública da Cidade Alta e dos bairros Ouro Negro e Nova York”, afirmou.  

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2022 sulnoticias.com