Conecte-se conosco

Geral

Pneumologista é imortalizado na Academia de Medicina

Publicado

em

Ouça esta matéria

A trajetória de mais de meio século dedicado à medicina recebeu mais um reconhecimento nesse fim de semana. O médico pneumologista, Dr. Albino José Souza Filho, foi imortalizado ao ser reconhecido como membro titular da Academia de Medicina do Estado de Santa Catarina (Acamesc), título concedido pela Associação Catarinense de Medicina (ACM), em Florianópolis. Dr. Albino passa a ocupar a cadeira de número 50, que tem como patrona a médica pediatra Zilda Arns, falecida em 2010.

“É uma honra muito grande ser o primeiro médico de Criciúma a conquistar esta honraria, estar neste seleto grupo de 50 médicos renomados. Você não trabalha pensando em homenagem, mas é muito gratificante ser agraciado pelo trabalho dedicado aos pacientes, além de toda a sua contribuição científica”, frisa o homenageado.

Paranaense formado pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) em 1963, Dr. Albino concluiu sua residência médica no Rio de Janeiro no ano de 1967, onde iniciou sua jornada profissional. Em 1968 casou-se ainda no Rio de Janeiro, teve sua primogênita e, posteriormente, a convite de um colega natural de Criciúma, mudou-se para a maior cidade do Sul do Estado, onde o casal teve mais dois filhos e três netos.

Instalado em Criciúma, Dr. Albino foi reconhecido a nível nacional no ano de 1985 com o prêmio da Academia Nacional de Medicina (ANM) como o melhor trabalho original brasileiro. Em conjunto com o médico patologista, Dr. Sérgio Alice, Dr. Albino desenvolveu uma pesquisa com os mineiros das minas de carvão da cidade sobre pneumoconiose, uma doença ocupacional causada pelo pó de carvão depositado nos pulmões dos mineiros.

“Muitos casos graves eram registrados naquela na época. Através da pesquisa, que comprovava o desenvolvimento da doença dos profissionais das minas de carvão, conseguimos mudar a legislação trabalhista e previdenciária. Os mineiros que não fossem afastados no início da doença morriam. Esta pesquisa entre 1969 e 1985 foi um grande mérito médico reconhecido em todo o Brasil”, recorda.

Além da premiação, a pesquisa originou diversos trabalhos científicos, capítulos de livros e serviu como modelo para minas de todo o Brasil. Segundo Dr. Albino, em 2006 uma outra pesquisa foi realizada e demonstrou poucos casos da doença, apresentando formas iniciais de pneumoconiose e não apresentando mais formas avançadas, o que confirma a importância do trabalho desenvolvido e as alterações das leis trabalhistas e previdenciárias. “Este foi um marco e uma conquista muito grande também dos trabalhadores, dos mineiros que ajudaram a construir a nossa cidade”, destaca.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Doença silenciosa, a importância da densitometria para detectar a osteoporose

Publicado

em

Ouça esta matéria

Silenciosa, raramente apresentando sintomas, a osteoporose é uma doença em que há diminuição da massa óssea, o que faz com que os ossos fiquem mais frágeis, sendo o diagnóstico realizado, muitas vezes, após a ocorrência de pequenas fraturas. O ideal para evitá-la é a prevenção, com hábitos saudáveis, que vão desde uma alimentação balanceada e rica em cálcio, atividades físicas, exposição ao sol em horários adequados, além de consultas regulares e exames de diagnóstico por imagem.

“Muito se fala em qualidade de vida nos últimos tempos, principalmente na terceira idade. Porém, infelizmente, é muito comum as pessoas desenvolverem nesta fase dores pelo corpo, entre as principais causas a que merece destaque é a osteoporose”, pontua o médico radiologista da Cliniimagem, Alexandre Bonetti.

A perda de massa óssea começa a acontecer naturalmente a partir dos 40 anos. Para os homens, o risco é maior entre os 50 e 70 anos. Já entre as mulheres, a partir dos 35 anos a massa óssea começa a diminuir, mas sua redução mais significativa acontece depois da menopausa.

A densitometria óssea, exame realizado pela Cliniimagem, é rápido, indolor, seguro e um dos mais modernos da medicina, realizado por meio de aparelho computadorizado para detecção da doença. “Os objetivos do exame são, avaliar o grau de perda mineral óssea, indicar a probabilidade de fratura, possibilitar a obtenção da curva de perda óssea através do tempo quando a avaliação é feita periodicamente e auxiliar no tratamento médico”, observa Bonetti.

Continue Lendo

Geral

Criciúma realiza credenciamento para prestadores de serviços de fisioterapia

Publicado

em

Ouça esta matéria

Criciúma está realizando o credenciamento para a prestação de serviços de fisioterapia. O objetivo é suprir a necessidade da população que precisa deste tipo de procedimento e complementar o atendimento oferecido na Atenção Primária à Saúde. A chamada pública, que pode ser acessada em bit.ly/3GAzCXF, discorre sobre o credenciamento para procedimentos clínicos fisioterapêuticos e de outras áreas.

No ano passado, o município passou a oferecer a fisioterapia no Centro Multiprofissional, localizado no bairro Vila Isabel. Outra estrutura própria utilizada também para esse fim é a Unidade Básica de Saúde (UBS) da Próspera, que começou a oferecer o serviço nesta semana. “Para ter acesso ao serviço, o paciente deve procurar a unidade de saúde de sua abrangência”, orienta a gerente de Controle, Avaliação e Auditoria da Secretaria Municipal de Saúde, Rubia Bresciani.

Juntamente de clínicas credenciadas, Criciúma realizou, em 2022, uma média de 10 mil atendimentos por mês na área da fisioterapia. “É um serviço muito importante para a população em geral. Por meio dele se diagnostica e trata dificuldades funcionais, que podem surgir ao longo da vida devido a, por exemplo, traumas ou avanço de doenças”, ressalta o secretário municipal de Saúde, Acélio Casagrande.

Continue Lendo

Geral

Final de semana com muitas atrações em Balneário Rincão

Publicado

em

Ouça esta matéria

Mais um final de semana com muitas atrações em Balneário Rincão. Atividades de orla, corrida, shows, e futebol, fazem parte da programação deste final de semana. Para quem curte praia, na orla da Zona Sul, o Sesc/Senac estará, a partir das 9h, com atividades de orla, esportes e recreação. Na orla central a Unesc começa seu projeto a partir das 9h e também fará no domingo.

“Final de semana com muitas atrações, e com show gratuito. O Rincão Sertanejo acontece no sábado e é gratuito. Além do show, teremos corrida, futebol e atividades de orla. Mais um final de semana com atividades para que toda família possa curtir”, destaca o diretor de eventos, Fernando Casagrande.

Para quem gosta de correr e, ainda curtir as belezas naturais de nossa cidade, o circuito de Corrida Surf Scream, acontece no sábado, dia 14, a partir das 18h, com saída da Plataforma Norte. A disputa acontecerá em duas modalidades: 4km e 8km, exclusivamente na orla da praia.

A  2ª edição do Rincão Praia Kids de Futebol na categoria sub 11, também acontece no sábado, a partir das 8h30, no campo de areia do Centro Comunitário de Balneário Rincão. A cada final de semana será uma categoria diferente (sub 11, 13, 15 e 17). O torneio vai até o dia 4 de fevereiro, encerrando com a categoria sub 17. Além de Balneário Rincão, teremos representantes de Criciúma, Içara, Araranguá e Orleans.

“Este torneio é de suma importância para os nossos alunos do projeto e também para as outras escolas e projetos esportivos da nossa região. Além da prática esportiva, tem o objetivo de promover a socialização e integração de todas as crianças e adolescentes participantes”, comenta o coordenador do projeto, Allan Rezende.

E para quem curte sertanejo, Neguinho e Mari e Rafa prometem animar o Rincão Sertanejo, a partir das 21h30 no calçadão, com entrada gratuita.  E a atração mais prestigiada do verão, continua neste final de semana, o Trenzinho da Alegria. Na sexta-feira e no sábado ele estará na Praça da Zona Sul. Já no centro ele fica no sábado e domingo, a partir das 17h.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2023 sulnoticias.com