Conecte-se conosco

Geral

Santa Catarina terá evento teste no final deste mês

Publicado

em

Ouça esta matéria

O primeiro evento-teste com público já tem data marcada para ocorrer em Santa Catarina. Será no próximo dia 29 de julho, para a Grande Florianópolis. O anúncio foi feito pelo governador Carlos Moisés, na tarde desta terça-feira, 20, quando foram oficialmente abertas as inscrições para acompanhar a apresentação. Depois de 16 meses fechado, quem subirá ao palco do Teatro do CIC será a Camerata Florianópolis. A iniciativa é pioneira no Brasil e vai servir para balizar a retomada das atividades do segmento com o máximo de segurança e protocolos necessários.

“O nosso objetivo com esse evento técnico e científico é nortear a nossa conduta para o setor, daqui pra frente, para termos segurança e garantia de que todos os demais eventos possam ser liberados e realizados com segurança”, ressalta o governador.

Carlos Moisés destaca o trabalho pioneiro de Santa Catarina para a retomada dos eventos e reforça a importância da prática dos protocolos sanitários de prevenção ao coronavírus. O evento-teste é de graça, será para público com a vacinação completa e atenderá outras regras como o uso de máscaras e testagem para a Covid-19. As inscrições podem ser feitas neste link.

Um Grupo de Trabalho (GT) formado pela Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur), Secretaria de Estado da Saúde (SES) , Vigilância Sanitária de Florianópolis e representantes do segmento de eventos atua desde o início do ano para formatar os eventos-testes no estado. Eles serão acompanhados por uma equipe de pesquisadores da Univali e da Unisul com apoio do Senac e Fundação Catarinense de Cultura.

“Nós queremos entender como vai funcionar, como as pessoas vão se comportar durante esses eventos e o que vai acontecer depois, por meio da rastreabilidade dos participantes. A partir daí, vamos trabalhar com parâmetros concretos de segurança para restabelecer as atividades deste setor que vem sofrendo desde o início da pandemia”, ressalta a coordenadora do GT, Eveline Orth.

O presidente interino da Santur, Renê Meneses, disse que esse é o primeiro de uma série de outros eventos que serão monitorados. “A segurança é o mais importante. Nosso esforço é para que o setor possa voltar com os devidos protocolos para a saúde da população”, afirma.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Criciúma terá dia D de vacinação contra sarampo e influenza

Publicado

em

Ouça esta matéria

O próximo sábado (30) será o dia D na prevenção da gripe (influenza) e do sarampo em todo o país. Na ocasião, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Criciúma estarão abertas, das 8h às 17h, aplicando os dois imunizantes. A ação faz parte da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza e Sarampo, que iniciou em 4 de abril.

Os trabalhadores da área de saúde já podem receber as duas vacinas. As crianças com idade entre 6 meses e menores de 5 anos, a partir deste sábado, também poderão receber os dois imunizantes. Já os idosos acima de 60 anos podem ser imunizados apenas contra a influenza.

“As metas de cobertura vacinal são de 90% para a influenza e de 95% para o sarampo. Todas as 45 salas de vacinação da cidade estarão abertas, e os profissionais de Criciúma farão sua parte para ajudar a alcançarmos essas taxas nacionalmente”, afirmou o secretário de Saúde, Arleu da Silveira.

Segundo os dados mais atuais da secretaria, a campanha já aplicou 1.277 doses contra o sarampo em profissionais da saúde. Para a prevenção da influenza, foram administradas vacinas, sendo 10.488 para idosos e 1.458 para trabalhadores de saúde. A vacina contra a gripe de 2022 é trivalente e protege contra os três tipos de vírus que circularam em 2021: H3N2, H1N1 e Influenza B.

Para receber a dose, deve-se comparecer ao posto de saúde mais próximo portando a caderneta de vacinação e um documento de identificação pessoal. No caso das crianças, um responsável deve acompanhá-las.

Mais de uma vacina no mesmo dia?

“Uma pessoa pode tomar o imunizante contra o sarampo e contra a gripe de forma simultânea. Pode até mesmo tomar a da Covid-19, se ela se encaixar em todos os três grupos, observando as recomendações do Ministério da Saúde”, explicou o gerente de Vigilância em Saúde de Criciúma, Samuel Bucco.

Conforme consta na página do Governo Federal, crianças entre 5 e 11 anos que sejam indígenas, que tenham alguma comorbidade ou deficiência devem esperar um prazo de 15 dias após o imunizante da Covid-19 para receber uma das vacinas. Para crianças abaixo de 5 anos, não existem vacinas contra a Covid-19 aprovadas no Brasil.

Contraindicações

Segundo Bucco, pessoas que estão com febre ou outros sintomas gripais devem aguardar a melhora para serem vacinadas. De acordo com Ministério da Saúde, a vacina da gripe é contraindicada para menores de 6 meses e para pessoas que tiveram reação alérgica grave quando tomaram a vacina da gripe anteriormente.

O imunizante contra o sarampo é contraindicado para gestantes e crianças menores de 5 anos com imunodepressão grave. Pessoas que tiveram reação alérgica grave quando tomaram a vacina tríplice viral anteriormente também não devem ser vacinadas contra o sarampo.

Segunda etapa

Na semana que vem começa a segunda etapa da campanha. A partir de segunda-feira (2), os seguintes grupos prioritários também poderão receber a vacina da influenza:

  • – Gestantes e puérperas;
  • – Povos indígenas;
  • – Professores;
  • – Pessoas com comorbidades;
  • – Pessoas com deficiência permanente;
  • – Forças de segurança e salvamento e Forças Armadas;
  • – Caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso;
  • – Trabalhadores portuários;
  • – Funcionários do sistema prisional;
  • – Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;
  • – População privada de liberdade.
Continue Lendo

Geral

Cases nacionais e internacionais integra agenda do 1º Fórum de Inovação Social da Abadeus

Publicado

em

Ouça esta matéria

O primeiro Fórum Internacional de Inovação Social acontece nesta terça-feira (26), em Criciúma, no Sul do estado. De iniciativa da Associação Beneficente Abadeus, pioneira em Inovação Social em Santa Catarina, o evento contará com palestra de Fábio Deboni, painel com lideranças do ecossistema de inovação estadual e regional, além da apresentação de cases nacionais e internacionais. A ação marca os 62 anos da Abadeus e o primeiro ano de atividades do Centro de Inovação Social Abadeus (Cisa), ambos celebrados neste mês.

“O Brasil possui hoje 81 milhões de pessoas em situação de vulnerabilidade e a Inovação Social é a resposta para esse problema. Ao oportunizar o surgimento de novas gerações inovadoras e empreendedoras, fomentando a cultura do protagonismo e da proatividade, podemos transformar as comunidades vulneráveis de Norte à Sul do país”, afirma a diretora-executiva da Abadeus, Shirlei Monteiro.

Os cases internacionais vão trazer a experiência de Medellín, na Colômbia, com ênfase na “Estratégia Vale do Software”, que será apresentada por Mauricio Valencia Escobar, Subsecretário de Gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Medellín. Já o case de Lisboa, em Portugal, terá foco no “Empreendedorismo Social como fomentador da Inovação Social – Case SEA”, com participação online de Frederico Cruzeiro Costa – Fundador e Presidente da Agência de Empreendedores Sociais (SEA).

Já os cases nacionais ficarão por conta das experiências da Abadeus, em Santa Catarina, e da Fundação Lemann, organização de filantropia familiar, com projetos em educação e liderança em cinco regiões do país e mais de dois milhões de pessoas impactadas.

No cronograma do evento, destaque ainda para um painel com lideranças do ecossistema de inovação do estado e região, com as presenças do Diretor de Ciência Tecnologia e Inovação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Santa Catarina, Moris Kohl; do Presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Fábio Zabot Holthausen; e do Diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação da Prefeitura Municipal de Criciúma, Aldinei Potelecki.

A intenção do evento é abordar o impacto da inovação social nos desafios do século 21. O encontro ocorre, das 14h às 20h, na sede da Associação Empresarial de Criciúma (Acic) e é idealizado pelo Centro de Inovação Social da Abadeus (Cisa), pioneiro em Santa Catarina. Para participar, basta se inscrever no site do evento (link abaixo). As vagas são gratuitas e limitadas.  

“É uma excelente oportunidade para trocar experiência conosco, e aprendermos juntos sobre inovação social em tempos de soluções de mercado. Se a sua organização está buscando se aprofundar mais sobre ESG, sustentabilidade e impacto social, será uma excelente oportunidade para trocar figurinhas e aprender mais sobre essa agenda”, comenta o palestrante Fábio Deboni.  

Destaque na área de inovação 

Fábio Deboni é diretor do programa CAL-PSE, da Aliança pela Biodiversidade/CIAT, membro do Conselho do Fundo Brasileiro de Educação Ambiental (FunBEA), engenheiro agrônomo e mestre em Recursos Florestais. Já foi também gerente-executivo do Instituto Sabin de 2011 a 2020 e conselheiro do Grupo de Institutos, Fundações e Empresas (GIFE). Além disso, o engenheiro tem participado ativamente do engajamento de institutos e fundações no campo de negócios de impacto. É considerado um entusiasta do tema inovação social, escritor de diversos artigos e está lançando seu quinto livro: “Inovação Social em tempos de soluções de mercado”. 

Inscrições e apoio 

Apesar de aberto ao público e gratuito, o evento terá ingressos limitados. A inscrição está disponível no link https://app.higestor.com.br/inscricao/5537

O fórum conta com o apoio institucional da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Acic, ABRH (Associação Brasileira de Recursos Humanos) de Criciúma, Rede Catarinense de Centros de Inovação e Centro Inovação Regional de Criciúma (CRIO). Além disso, recebe o patrocínio da Canguru, Imbralit, Prefeitura de Criciúma, Sicredi, Cristal Copos, Sindicato da Indústria de Extração de Carvão do Estado de Santa Catarina (Siecesc), Satc, Unesc e Unisul. 

Continue Lendo

Geral

Segurados do INSS começam a receber parcela do décimo terceiro

Publicado

em

Ouça esta matéria

Os segurados do INSS começam a receber, nesta segunda-feira (25), o adiantamento da primeira parcela do décimo terceiro. Nesta etapa, serão contemplados os trabalhadores que recebem até um salário mínimo, R$1.212,00. Para quem recebe mais do que esse valor, o abono anual será pago no mês que vem.

A expectativa do governo federal é de liberar R$56,7 bilhões nesses pagamentos. Para saber se você tem direito ao abono, qual o valor e quando o pagamento será feito, basta acessar o aplicativo Meu INSS, ou acessar na internet o portal gov.br/meuinss.

Quem já recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC) não tem direito ao décimo terceiro salário.

Continue Lendo

Mais vistos

© Copyright 2007-2022 sulnoticias.com